Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bombardeio israelense derruba prédio que abrigava agências de notícias

Escritórios da 'Al Jazeera' e da 'Associated Press' em Gaza ficavam na construção atingida; aviso prévio de Israel uma hora antes permitiu evacuação

Por Da Redação Atualizado em 15 Maio 2021, 13h51 - Publicado em 15 Maio 2021, 10h32

As agências de notícias Al Jazeera e Associated Press reportarem que um bombardeio israelense derrubou neste sábado, 15, o prédio que abrigava seus escritórios na Faixa de Gaza. O ataque aéreo aconteceu cerca de uma hora depois de a Defesa israelense ter alertado que o local seria alvo de sua artilharia. O aviso prévio permitiu a evacuação do prédio.

A construção destruída tinha doze andares e também abrigava outros escritórios e apartamentos residenciais. Ainda não há informações sobre possíveis vítimas.

Um vídeo divulgado pela Al Jazeera em seu Twitter mostra o momento em que o arranha-céu colapsa após o bombardeio (assista aqui).

Em comunicado, a Defesa de Israel afirmou que o prédio era usado “por unidades de inteligência do Hamas”.

Também neste sábado, um bombardeio atingiu uma residência em um campo de refugiados em Gaza, segundo autoridades palestinas. O ataque matou dez pessoas da mesma família, oito delas crianças.

O mais recente episódio do conflito entre israelenses e palestinos começou no fim de semana passado e já se tornou um dos mais sangrentos dos últimos anos. O estopim foi um embate entre a polícia de Israel e fiéis islâmicos em frente à mesquita de Al Aqsa, em Jerusalém.

O Hamas, grupo extremista que controla a Faixa de Gaza, reagiu com o lançamento de foguetes em direção ao território israelense. O governo de Israel respondeu com bombardeios. A escalada de violência já deixou mais de 130 mortos.

Continua após a publicidade
Publicidade