Clique e assine a partir de 9,90/mês

Boko Haram mata 44 pessoas em mesquita na Nigéria

Governo decretou estado de emergência, mas ataques terroristas continuam

Por Da Redação - 13 ago 2013, 11h12

Ao menos 44 fiéis morreram em uma mesquita no Nordeste da Nigéria, informaram nesta terça-feira autoridades locais. Segundo a rede BBC, a responsabilidade do ataque foi atribuída pelo governo ao grupo terrorista Boko Haram, que já matou milhares de nigerianos desde 2009.

Leia também:

Leia também: Homens armados matam 27 crianças em ataque a escola na Nigéria

Os criminosos dispararam contra os fiéis durante as orações do nascer do sol no domingo, apesar de a informação só ter sido divulgada na segunda-feira, já que as comunicações foram limitadas no país devido ao estado de emergência decretado pelo governo. A emergência foi decretada para evitar novos ataques, mas o contrário acabou acontecendo, com uma série de relatos sobre a atuação violenta do Boko Haram, que quer derrubar o governo e criar um estado islâmico no norte do país.

Continua após a publicidade

O Boko Haram geralmente ataca igrejas, mas às vezes têm como alvo mesquitas também, cujos fiéis discordam de suas crenças. Segundo autoridades locais, os criminosos usavam uniforme militar quando atacaram a mesquita. O ataque aconteceu na cidade de Konduga, a 35 quilômetros da capital, Maiduguri.

Publicidade