Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Boca de urna indica vitória de candidato favorito da Rússia na Ossétia do Sul

Por Da Redação 13 nov 2011, 19h31

Moscou, 13 nov (EFE).- Candidato favorito da Rússia na eleição para a Presidência da região separatista da Ossétia do Sul, na Geórgia, Anatoli Bibilov possui grandes chances de vencer o pleito deste domingo, já que aparece em primeiro lugar nas pesquisas de boca de urna, informou a imprensa russa.

No entanto, a vitória ainda não está garantida, e a hipótese de um segundo turno também não foi descarta. Isso porque nenhum dos candidatos conseguirá mais da metade dos votos, segundo pesquisas realizadas pelo instituto Insomar e pela Escola Econômica Superior da Rússia. Se realmente ocorrer, o segundo turno será realizado 15 dias após a divulgação oficial dos resultados da primeira votação.

Segundo os resultados das pesquisas de boca de urna, Bibilov obteve 48,1%, e sua principal oponente, a ex-ministra de Educação, Alla Dzhioyeva, conseguiu 30,7% dos votos.

O atual presidente da região separatista, Eduard Kokoiti, declarou que as eleições são ‘justas’, e que 67% da população da Ossétia do Sul deve participar das eleições.

Durante as primeiras horas do pleito, as agências russas informaram que as autoridades tinham proibido a realização de pesquisas boca de urna, supostamente para evitar especulações e provocações. Porém, mais tarde, essa informação foi desmentida.

Nas vésperas do pleito, as autoridades locais aumentaram as medidas de segurança para evitar incidentes na região, que em 2008 foi palco de uma sangrenta guerra entre Rússia e Geórgia na disputa pelo controle desse território.

A eleição é realizada em meio a um conflito, possui o apoio da Rússia e vem sendo alvo de críticas da Geórgia, que acusa o Kremlin de sabotar sua soberania desde que Moscou reconheceu a independência desse território e da segunda região separatista georgiana, a Abkházia. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade