Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Bloqueio militar impede envio de ajuda humanitária à cidade síria de Aleppo

Por Da Redação
3 ago 2012, 10h07

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) lamentou nesta sexta-feira não ter podido entregar na véspera ajuda humanitária em Aleppo, devido ao bloqueio militar da cidade síria.

“Era impossível ontem enviar artigos de ajuda adicionais, porque a cidade estava cercada pelas forças militares”, declarou uma porta-voz do ACNUR, Melissa Fleming, em uma coletiva de imprensa.

“Nossa equipe em Aleppo também nos informou sobre uma ausência completa de cobertura para os telefones celulares e a internet”, acrescentou.

Indicou ainda que não sabia qual era a situação no local nesta sexta-feira.

Os civis que não podem abandonar Aleppo, segunda maior cidade da Síria, onde são registrados intensos combates, continuam buscando refúgio nas escolas, universidades e mesquitas da capital econômica do país.

Continua após a publicidade

Segundo o ACNUR, cerca de 7.200 pessoas se refugiaram em 45 escolas e seis dormitórios.

As forças do regime retomaram nesta sexta-feira os bombardeios dos bairros rebeldes próximos a Damasco e a Aleppo, palco de uma batalha chave na guerra na Síria, onde o fracasso da diplomacia levou na quinta-feira o mediador internacional Kofi Annan a renunciar.

A Agência da ONU para os refugiados palestinos (UNRWA) confirmou que 20 pessoas morreram e 10 ficaram feridas em Yarmuk, na região de Damasco, segundo o ACNUR.

A situação dos refugiados na Síria preocupa o ACNUR. Em apenas um dia, 700 deles visitaram o escritório da agência da ONU em Damasco para obter ajuda e conselhos, revelou Fleming.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.