Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Biden ganha eleição no Wisconsin, cresce em Michigan e amplia vantagem

País ainda aguarda a divulgação dos resultados no Michigan e na Pensilvânia para definir cenário final

Por Julia Braun Atualizado em 4 nov 2020, 15h17 - Publicado em 4 nov 2020, 14h38

O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, já é o vencedor das eleições no estado de Wisconsin, segundo informações divulgadas pela comissão eleitoral local. A região é considerada uma das mais importantes em 2020 e amplia a vantagem do ex-vice-presidente contra Donald Trump.

Wisconsin fica no chamado Cinturão da Ferrugem, onde a votação pode ser decidida nos próximos dias. Além do estado, os eleitores americanos também aguardam a divulgação definitiva dos resultados no Michigan e Pensilvânia.

Biden tem atualmente 20.697 votos a mais que Trump no Wisconsin. Segundo a comissão eleitoral, só restam 600 cédulas para ser contabilizadas, mas que não mudarão o cenário atual.

Segundo a apuração parcial, o democrata também lidera por uma pequena margem no Michigan. Já Trump tem vantagem até o momento na Pensilvânia.

Continua após a publicidade

A lei de Wisconsin determina que os candidatos podem pedir recontagem dos votos em caso de uma vitória por menos de um ponto percentual. A tendência é que Trump decida tomar esse caminho.

Joe Biden ainda ampliou sua vantagem no Michigan nas últimas horas, após a contagem de um novo lote de cédulas vindo do Condado de Wayne, em Detroit. Com esses novos votos, o democrata tem hoje mais votos totais do que Trump conseguiu por ali em 2016, quando foi declarado vencedor. 

O presidente republicano, porém, ainda tem chances de ganhar ou empatar com seu adversário nos próximos dias. Uma vitória aconteceria caso Trump consolidasse sua posição na Pensilvânia e Geórgia, e ainda virasse o jogo no Michigan.

Wisconsin e Michigan, porém, costumam eleger os mesmos candidatos. Na eleição passada os dois estados deram a vitória a Donald Trump, após anos de dominância democrata.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)