Clique e assine com até 92% de desconto

Bernie Sanders anuncia pré-candidatura às eleições de 2020 nos EUA

Senador de 77 anos concorreu contra Hillary Clinton em 2016 pela indicação do Partido Democrata, mas perdeu

Por Da redação Atualizado em 19 fev 2019, 10h30 - Publicado em 19 fev 2019, 09h24

Bernie Sanders anunciou nesta terça-feira, 19, que irá concorrer novamente pela indicação do Partido Democrata na corrida presidencial de 2020. O senador pelo estado de Vermont disputou a posição de candidato democrata nas eleições presidenciais de 2016, mas perdeu as primárias para a ex-secretária de Estado Hillary Clinton.

“Começamos a revolução política na campanha de 2016 e agora é hora de avançar com essa revolução”, disse à Vermont Public Radio em uma entrevista que foi ao ar nesta manhã.

Autointitulado “socialista democrático”, Sanders não é oficialmente filiado ao Partido Democrata e se elegeu senador como um candidato independente. Mas suas ideias encontram grande ressonância na ala mais jovem e à esquerda da legenda. Entre as suas principais plataformas estão o ensino superior gratuito, o aumento do salário mínimo e um programa de saúde pública gratuita para todos os americanos.

“O que prometo fazer é, ao percorrer o país, ater-me aos valores dos quais todos nós temos orgulho em Vermont: nossa crença na justiça, na comunidade, na política de base e nas reuniões locais”, disse Sanders na entrevista.

O político de 77 anos também é uma das vozes mais incisivas no Senado contra o presidente republicano Donald Trump. Sanders, que já organizou dezenas de manifestações políticas e comícios em todo o país desde a eleição de 2016, também entra na disputa com o maior número de seguidores nas redes sociais entre os pré-candidatos democratas já anunciados.

  • Em seu livro de memórias sobre a eleição de 2016, Hillary culpou Sanders por sua derrota eleitoral. Chamou o senador de “irrealístico” e disse que ele causou um dano duradouro a sua campanha e pavimentou o caminho para a vitória de Trump.

    Pré-candidatos

    Com o anúncio desta terça, Sanders se soma às senadoras Elizabeth Warren, Kamala Harris e Kirsten Gillibrand, ao senador Cory Booker, ao ex-secretário de Habitação, Julián Castro, e outros na disputa pela indicação democrata.

    Outras figuras democratas sobre as quais especula-se a possível candidatura são o ex-vice-presidente Joe Biden e o ex-congressista pelo Texas Beto O’Rourke.

    O ganhador das primárias democratas enfrentará previsivelmente Trump, que já anunciou a intenção de tentar a reeleição e até agora não tem nenhum concorrente forte para as primárias do Partido Republicano.

    Continua após a publicidade
    Publicidade