Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Berlusconi renuncia a candidatura presidencial na Itália

Ex-primeiro-ministro enfrentava dificuldades na tentativa de formar coalizão partidária, e sua saída beneficia atual chefe de governo

Por Da Redação Atualizado em 22 jan 2022, 20h36 - Publicado em 22 jan 2022, 20h31

O ex-primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi anunciou neste sábado, 22, que retirou sua candidatura a presidente. A desistência deve facilitar as negociações entre partidos às vésperas da votação para o parlamento, que começa na próxima segunda-feira, 24.

A vitório do atual primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, deve ser o resultado mais provável, mas ainda não está claro se os partidos que sustentam sua grande coalizão vão apoiar a candidatura a presidente, uma vez que o medo de sua saída do Legislativo pode desencadear uma eleição nacional antecipada.

Berlusconi, porém, disse que deseja que Draghi permaneça na liderança do governo até o fim da legislatura, o que ocorre em 2023. “Decidi tomar outro passo no caminho para a responsabilidade nacional, ao pedir a renúncia da indicação do meu nome à presidência da República àqueles que propuseram”, disse Berlusconi.

O pedido para a candidatura de Berlusconi foi feito por uma coalizão de direita, mas suas chances de sucesso são reduzidas por causa das dificuldades de construir o arco amplo de apoio. Tradicionalmente são necessários mais de mil parlamentares e delegados regionais envolvidos na aliança.

Berlusconi é uma figura altamente controversa na Itália, e o campo da centro-esquerda já descartou o apoio a seu nome. Ele foi temporariamente impedido de ocupar cargos públicos após uma condenação por fraude fiscal em 2013, e ainda responde a processos por supostamente pagar testemunhas em um caso de prostituição de menores de idade.

A figura do presidente na Itália tem muitas responsabilidades cerimoniais, mas também é responsável por resolver crises políticas, um papel central num país em que governos sobrevivem em média por um ano.

Com Reuters

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês