Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Berlusconi pode renunciar nos próximos dois meses na Itália

Premiê abriria caminho para novas eleições já no início de 2012, dizem jornais

Por Da Redação 26 out 2011, 08h34

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, considera a possibilidade de renunciar em breve, após garantir o necessário apoio do crucial aliado Umberto Bossi, da Liga Norte, para uma reforma no sistema previdenciário, informaram os jornais italianos La Stampa e La Repubblica nesta quarta-feira.

Um porta-voz de Berlusconi não estava disponível para comentar o tema. Porém, os diários italianos afirmaram que o premiê pode deixar o cargo nos próximos dois meses, para abrir caminho para a realização de novas eleições já no início de 2012.

O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, disse que o governo precisa fazer todas as escolhas necessárias para controlar suas finanças, mas mantendo sua independência. O país é pressionado pelos parceiros da União Europeia para que controle suas contas.

Segundo Napolitano, Berlusconi deve revelar em breve “novas decisões de grande importância”, citando uma frase do próprio premiê, mas sem explicá-la. O presidente não tem poderes legislativos, mas pode convocar eleições antecipadas, se necessário.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade