Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Bento XVI diz que ‘Cuba e o mundo precisam de mudanças’

Papa faz último discurso em Havana em Praça da Revolução comunista

Por Da Redação
28 mar 2012, 12h04

O papa Bento XVI disse nesta quarta-feira em Havana que “Cuba e o mundo precisam de mudanças”, mas que estas só acontecerão “se cada um estiver em condições de se perguntar pela verdade e se decidir pelo caminho do amor, semeando reconciliação e fraternidade”. A afirmação do pontífice foi feita durante a homilia da missa campal que celebra na Praça da Revolução de Havana, local dos grandes eventos relacionados à revolução comunista cubana, último ato de sua visita de três dias a Cuba.

Segundo o bispo de Roma, para que a Igreja exerça seu trabalho plenamente, há de contar “com a essencial liberdade religiosa, que consiste em poder proclamar e celebrar a fé publicamente, levando a mensagem de amor, reconciliação e paz que Jesus trouxe ao mundo”.

Bento XVI exigiu o direito à liberdade religiosa e disse que, quando a Igreja fala nesse direito, “não está reivindicando privilégio algum, pretende apenas ser fiel ao ensinamento de Cristo, sabedora que, onde Cristo está presente, o homem cresce em humanidade e encontra sua consistência”. O pontífice comentou ainda que também é legitimo que os fiéis ofereçam uma contribuição à edificação da sociedade. “É preciso reconhecer com alegria que em Cuba foram dado passos para que a Igreja realize sua missão inescapável de expressar pública e abertamente sua fé. No entanto, é preciso seguir adiante e desejo encorajar às instâncias governamentais da nação a reforçar o que já foi conquistado e a avançar por esse caminho de genuíno serviço ao bem comum de toda a sociedade cubana”, afirmou.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade

Leia na coluna de Nova York, de Caio Blinder:

“O papa encarna os dilemas. Antes de chegar à ilha, ele disse que a estrutura marxista em Cuba “não corresponde à realidade” e pediu a adoção de “um novo modelo”. Mas assim que desembarcou, Bento 16 reconheceu os esforços deste anacrônico regime para “se renovar e ampliar seus horizontes”. A peregrinação papal em Cuba é tortuosa. Ossos do ofício do pastor da reconciliação”.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.