Clique e assine a partir de 8,90/mês

Barack Obama pede cessar-fogo no conflito do Sudão

Violência na região de Abyei já matou quase 100 pessoas na última semana

Por Da Redação - 15 jun 2011, 11h26

O presidente americano Barack Obama pediu nesta quarta-feira às facções em combate no Sudão o fim da violência que ameaça um acordo de paz. O Sudão e o Sudão do Sul aceitaram na última segunda-feira retirar suas tropas da região de Abyei, localizada na fronteira e disputada entre ambos. “Não existe solução militar”, disse Obama em uma mensagem para o programa de rádio Voz da América. “Os líderes do Sudão e do Sudão Sul devem encarar suas responsabilidades”, completou. Histórico – A segunda guerra civil entre o norte e o sul do Sudão, que durou 22 anos, terminou em 2005. Em janeiro de 2011, o Sul votou por sua independência, e, dentro de três semanas, deve se tornar um novo país. Entretanto, em maio deste ano, o exército do Sudão invadiu a região fronteiriça de Abyei, violando um acordo de paz pré-existente. Ficou decidido na segunda-feira que o Sudão e o Sudão do Sul retirariam suas tropas de Abyei para permitir a entrada de tropas da missão de paz da Etiópia. O conflito na região já fez quase 100 mortos somente na última semana, e cerca de 146.000 pessoas foram deslocadas. (Com agência France-Presse)

Publicidade