Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Bando armado rouba caixão com corpo de ex-chanceler de Saddam Hussein

Quadrilha invade aeroporto e leva restos mortais de Tariq Aziz. Família planejava enterro na Jordânia

Por Da Redação 11 jun 2015, 19h50

Homens armados invadiram o aeroporto internacional de Bagdá, a capital do Iraque, e roubaram o caixão com o corpo de Tariq Aziz, o ex-vice-primeiro-ministro do país que foi considerado a principal figura do regime de Saddam Hussein durante mais de duas décadas. Aziz sofreu um ataque cardíaco e morreu no dia 5 deste mês, em um hospital penitenciário iraquiano. A família tinha a intenção de enterrá-lo na Jordânia, mas o caixão desapareceu antes de embarcar em um avião rumo à capital Amã. Fontes ligadas às investigações disseram à rede Al Jazeera que o grupo armado que desapareceu com o corpo tinha permissão para estar no aeroporto.

Leia também:

Ex-coronel de Saddam Hussein está por trás do crescimento do EI

Derrotas para o Estado Islâmico esvaziam os cofres e abalam estrutura da Al Qaeda

Oficiais do governo da Jordânia e a filha de Aziz, Zeinab, confirmaram a informação à agência Associated Press. O governo iraquiano decidiu não se pronunciar sobre o caso.

Aziz, que também ocupou o ministério das Relações Exteriores, estava preso desde 2003 e tinha sido condenado à morte em 2010 por assassinato e crimes contra a humanidade. O ex-ministro iraquiano, cujo nome real era Mikhail Yuhana, nasceu em uma família cristã em 1936, perto de Mossul. De 1979 a 2003, Aziz foi o “número dois” da administração civil, já que Saddam era presidente e também primeiro-ministro, e com frequência atuava como chefe do governo. Ele era o único membro cristão do governo de Saddam e um de seus funcionários mais próximos até a queda do regime em 2003 pela invasão americana.

(Da redação)

Continua após a publicidade

Publicidade