Clique e assine a partir de 8,90/mês

Ban ki-moon inaugura Rio+20 com foco na economia verde

Por Christophe Simon - 20 jun 2012, 11h19

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, abriu oficialmente nesta quarta-feira a Conferência da ONU para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, onde deverão discutir propostas para a erradicação da pobreza paralelamente à defesa do meio ambiente.

“Vinte anos depois, temos outra chance (…). Não a desperdiçaremos”, pediu Ban Ki-moon.

“Estão aqui para salvar sua imagem ou nos salvar?”, perguntou por sua vez Brittany Trifold, uma neozelandesa de 17 anos, que com uma mensagem aos líderes buscou alertá-los a tomar ações concretas que beneficiem a humanidade no longo prazo.

Em torno de 86 líderes globais participam da conferência.

O evento ocorre 20 anos depois da Rio-92, quando os países pediram ações para combater as mudanças climáticas, a desertificação e a extinção das espécies.

O encontro começou com a exibição de um curta-metragem de três minutos chamado “Bem-Vindos à Antropocena”, com imagens dramáticas sobre as mudanças no meio ambiente desde a Revolução Industrial.

Antropocena é o nome dado por cientistas para a nova era da história da Terra. Deriva do grego para indicar a “era dos humanos”.

Cerca de 191 discursos devem ocorrer até a sexta-feira, quando os líderes encerrarão a conferência dando seu parecer sobre o documento de 53 páginas fechado pelos negociadores na terça-feira.

Continua após a publicidade
Publicidade