Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Ban Ki-moon faz visita histórica à Somália e pede paz

A ONU abrirá em janeiro um escritório para assuntos políticos em Mogadíscio

Por Da Redação 9 dez 2011, 08h00

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu nesta sexta-feira aos insurgentes islamitas do grupo Al Shabab que interrompam a violência e participem do processo de paz, durante uma visita histórica a Mogadíscio. Ban Ki-Moon também anunciou que a ONU abrirá em janeiro um escritório para assuntos políticos na capital da Somália.

Leia também:

Leia também: Milícia Al Shabab fecha ONGs e agências da ONU

Desde 1993, esta é a primeira visita de uma delegação de alto nível das Nações Unidas à Somália, que sofre com uma guerra civil desde a queda do presidente Siad Barre em 1991. “Pedimos à oposição armada do Al Shabab que interrompa a violência e participe no processo de paz no país”, declarou Ban Ki-moon, cuja visita à Somália não havia sido anunciada por razões de segurança.

O grupo Al Shabab, que se declara leal à Al Qaeda, tenta há vários anos derrubar um frágil governo de transição apoiado pela comunidade internacional.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade

Publicidade