Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Avião militar dos EUA cai no Pacífico com 11 pessoas a bordo

Aeronave que seguia para um porta-aviões da marinha americana caiu no Mar das Filipinas; Japão informou que 8 pessoas já foram resgatadas

Um avião da Marinha dos Estados Unidos com 11 pessoas a bordo caiu nesta quarta-feira no Oceano Pacífico quando se dirigia a um porta-aviões parado no Mar das Filipinas. As causas do acidente são desconhecidas, mas suspeita-se de pane no motor.

A aeronave caiu na direção do litoral de Okinawa, no Japão, às 14h45 (horário local, 4h45 de Brasília), de acordo com a Sétima Frota dos Estados Unidos. O grupo de combate do porta-aviões USS Ronald Reagan da Marinha americana, desdobrado nas Filipinas e para onde a aeronave se encaminhava, começou uma operação para resgatar os sobreviventes.

Mar das Filipinas Mar das Filipinas, local de queda do avião

Mar das Filipinas, local de queda do avião (Google Maps/Reprodução)

“O resgate da tripulação está em curso e a condição das pessoas será analisada pela equipe médica do USS Ronald Reagan”, indicou a Sétima Frota em comunicado. O Ministro da Defesa do Japão informou que oito pessoas já foram resgatadas.

A frota americana com sede em Yokosuka, no Japão, e um contingente de 60.000 fuzileiros navais anunciou que, por enquanto, os nomes de tripulantes e passageiros não serão divulgados à espera de autorização dos parentes dos envolvidos.

O USS Ronald Reagan participou na semana passada com outros dois porta-aviões americanos de exercícios conjuntos com as Marinhas da Coreia do Sul e do Japão, num momento de elevada tensão por causa do programa nuclear e dos lançamentos de mísseis da Coreia do Norte.

Nos últimos meses a grande atividade militar dos Estados Unidos na região provocou acidentes, como a colisão do USS John S McCain com um petroleiro em Cingapura em agosto, que deixou dez mortos e cinco feridos. Em Junho, o contratorpedeiro americano USS Fitzgerald colidiu com um navio mercante no Japão. Em maio, o USS Lake Champlain se chocou com um pesqueiro sul-coreano.