Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Avalanche mata nove alpinistas no Nepal

Franceses, alemães e italianos faziam parte do grupo. Outros sete corpos passam pelo processo de identificação

Nove alpinistas morreram em uma avalanche, no sábado, em uma das montanhas do Himalaia nepalês, segundo anúncio da polícia local. Um grupo de franceses, alemães e italianos estava quase no topo da Manaslu, a 8.156 metros, quando aconteceu a avalanche. Nove corpos foram recuperados, incluindo o de um sherpa e de um montanhista alemão.

Outros sete corpos ainda passam pelo processo de identificação. “Vinte e cinco alpinistas que escalavam rumo ao topo da Manaslu foram afetados pela avalanche. Treze pessoas foram resgatadas com vida e cinco enviadas de avião para Katmandu”, afirmou uma fonte policial.

Oito sobreviventes permanecem no acampamento base. As condições meteorológicas impedem o voo dos helicópteros. As autoridades ainda tentam confirmar o número exato de alpinistas presentes no momento do acidente para ter um balanço exato das vítimas.

A Manaslu é a oitava montanha na lista das maiores do mundo e é considerada a mais perigosa.

(Com AFP)

LEIA TAMBÉM:

Avalanche no Mont Blanc deixa ao menos nove mortos