Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Autor de atentados de Mumbai em 2008 terá pena de morte

Amir Kasab é o único sobrevivente de um grupo de dez que realizou os ataques

Um tribunal indiano confirmou em apelação a condenação à morte do único sobrevivente do grupo que cometeu os atentados de 2008 em Mumbai, nos quais morreram 166 pessoas. Segundo a imprensa indiana, os dois juízes da Alta Corte de Mumbai rejeitaram a apelação apresentada pelo paquistanês Mohammed Ajmal Amir Kasab sobre seu envolvimento nos atentados.

Amir Kasab, 23 anos, recebeu a sentença em maio de 2010 do juiz de um tribunal indiano que o considerou culpado pelas quatro acusações: assassinatos, atos de guerra contra a Índia, conspiração e terrorismo. Os outros nove membros do grupo responsável pelos ataques morreram durante a intervenção das forças de segurança.

De 26 a 29 de novembro de 2008, dez homens armados atacaram hotéis de luxo, um restaurante turístico, a principal estação ferroviária e um centro judaico de Mumbai, com um saldo de 166 mortos e mais de 300 feridos. O governo atribuiu os atentados, chamados pela imprensa de “11 de setembro da Índia”, ao grupo extremista Lashkar e-Taiba (LeT), radicado no Paquistão.

(Com agência France-Presse)