Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atropelamento na Guatemala deixa ao menos 18 mortos

Veículos de imprensa locais, que citam diferentes versões, apontam que o grupo estava assistindo outro acidente quando foi atingido por um veículo pesado

Pelo menos 18 pessoas morreram, nesta quarta-feira 27, na Guatemala, depois de serem atingidas por um veículo de transporte pesado. O fato, segundo o Corpo de Bombeiros, aconteceu na entrada de Nahualá, no departamento de Sololá, quando um grupo de pessoas foi atropelado no quilômetro 158 da Rota Interamericana.

Estima-se que outras 20 pessoas estejam feridas – inicialmente, os Bombeiros indicaram que eram 30 as vítimas fatais.

“Agentes do Corpo de Bombeiros relatam mortes na entrada de Nahualá, em Sololá, após serem atropeladas por veículo de transporte pesado”, publicou o Corpo de Bombeiros em suas redes sociais.

Os bombeiros informaram de pelo menos três feridos que foram transferidos para o Hospital Nacional de Sololá, mas disseram que continuam trabalhando no local do acidente, com suas causas ainda desconhecidas.

Nas redes sociais, vários usuários compartilharam imagens e vídeos com dezenas de corpos no chão e há gritos e choros de outras pessoas, que pediam ajuda.

Alguns veículos de imprensa locais, que citam diferentes versões, apontam que o grupo estava assistindo outro acidente quando foi atingido pelo veículo pesado.

Depois de tomar conhecimento do grave acidente, o presidente da Guatemala, Jimmy Morales, expressou seu pesar pelas redes sociais e adiantou que estão coordenando ações de apoio às vítimas.

“Com grande pesar, lamento a tragédia que ocorreu no município de Nahualá, em Sololá, que deixou mortos devido a um acidente de trânsito, e no momento estamos coordenando ações para dar todo o apoio às famílias das vítimas. Minhas profundas condolências”, diz a mensagem do presidente, que decretou luto nacional de três dias no país.

A Procuradoria de Direitos Humanos também anunciou que delegados da instituição estão verificando o atendimento recebido pelas vítimas no Hospital de Sololá.