Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atentado suicida causa pelo menos seis mortes no parlamento da Chechênia

Três guerrilheiros, dois policiais e um civil morreram na invasão seguida de atentado no Parlamento da Chechênia, informou o presidente do país, Ramzan Kadyrov.

Segundo Kadyrov, os guerrilheiros morreram na operação especial das forças de segurança.

“A operação especial se prolongou entre 15 e 20 minutos para neutralizar os guerrilheiros e salvar os deputados e funcionários que estavam no recinto do Parlamento”, indicou Kadyrov, citado pela agência “Intefax”.

Segundo o presidente, por volta das 8h45 local (2h45 de Brasília), três guerrilheiros armados mataram dois agentes de segurança do edifício e o síndico.

Kadyrov ressaltou que a operação contou com a participação de seis agentes da Polícia especial e de outros seis agentes das tropas de choque.

“Todos os deputados estão vivos, foram retirados do Parlamento e estão a salvo”, declarou Kadyrov.

(com Agência EFE)