Clique e assine a partir de 9,90/mês

Atentado na fronteira entre Síria e Turquia deixa 43 mortos

Carro-bomba explodiu em um posto de controle na Síria. ONG afirma haver crianças entre as vítimas

Por Da Redação - 15 Maio 2014, 18h46

A explosão de um carro-bomba em um posto de controle em Bab al-Salameh, região síria próxima à fronteira com a Turquia, deixou pelo menos 43 pessoas mortas e várias feridas com gravidade nesta quinta-feira. Segundo a ONG Observatório Sírio para os Direitos Humanos, cinco mulheres e três crianças estão entre as vítimas fatais. “Aproximadamente doze ambulâncias transportaram pessoas feridas para a Turquia. O número de mortos é muito alto”, declarou um ativista.

Leia também:

Brahimi renuncia ao posto de mediador para a Síria

Rebeldes explodem hotel que era usado como base militar

Continua após a publicidade

Turquia derruba avião militar sírio perto da fronteira

A região é dominada por diversas facções que combatem o regime do ditador Bashar Assad. Conflitos entre os grupos rebeldes são comuns em Bab al-Salameh. A autoria do ataque ainda é desconhecida, mas grupos defensores dos direitos humanos acusaram o extremista Estado Islâmico do Iraque e ao Levante (EIIL) de estar por trás do atentado.

Turquia e Síria já foram aliados e têm 800 quilômetros de fronteira comum. Depois do início da revolta na Síria, há 3 anos, Erdogan rompeu com Assad e os atritos entre os dois países tornaram-se frequentes.

Saiba mais:

Continua após a publicidade

As ambições escusas da Turquia, entre Ocidente e Oriente

Turquia X Síria: os próximos capítulos da crise

(Com agência Reuters)

Publicidade