Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atentado em funeral no Paquistão deixa pelo menos 40 mortos e 67 feridos

Pelo menos 40 pessoas morreram e 67 ficaram feridas no atentado suicida cometido na quinta-feira durante o funeral do chefe de uma tribo que combateu os talibãs no noroeste do Paquistão, segundo um novo registro da Polícia divulgado nesta sexta-feira.

Vários feridos morreram durante a noite, indicou a Polícia.

“O registro do atentado é agora de 40 mortos e 67 pessoas estão hospitalizadas”, declarou à AFP Salim Khan Marwat, um oficial da Polícia.

O ataque ocorreu próximo às zonas tribais dos talibãs paquistaneses, principais responsáveis por uma onda de atentados, em sua maioria suicidas, que deixou 4.600 mortos em todo o país durante os quatro últimos anos.

O atentado suicida foi registrado na cidade de Khandol, no distrito de Lower Dir, de onde o Exército havia expulsado em 2009 aos talibãs aliados de Al-Qaeda durante uma ampla operação militar em todo o vale do rio Swat.

Um terrorista suicida chegou caminhando e ativou sua bomba em meio à multidão, quando a oração começava.

“O atentado tinha claramente como alvo membros da milícia local” antitalibã, indicou nesta quinta-feira Ajtar Hayat Gandapur, um oficial da polícia.