Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Atentado contra gasoduto egípcio corta provisão de gás à Jordânia e Israel

Por Da Redação 10 nov 2011, 06h38

Cairo, 10 nov (EFE).- O abastecimento de gás natural egípcio à Jordânia e a Israel foi interrompido por causa de um duplo atentado nesta quinta-feira contra dois gasodutos ao oeste da cidade egípcia de Al-Arish, na Península do Sinai, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

As explosões não deixaram vítimas, mas provocaram um incêndio nas instalações que foi controlado horas depois pelos bombeiros.

O abastecimento de gás aos complexos industriais da zona centro do Sinai também teve de ser interrompido.

As instalações de gás que foram alvo ficam em uma região de deserto a 80 quilômetros de Al-Arish, distantes 50 metros uma da outra.

Os autores do atentado estavam armados e chegaram à zona em dois automóveis uma hora antes da explosão.

Os ataques contra os gasodutos egípcios ocorrem com frequência desde a Revolução de 25 de Janeiro, principalmente na região de Al-Arish, onde há um conjunto de tubulações procedentes do Mar Mediterrâneo que interligam com várias instalações para exportar gás para outros países. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade