Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Atentado a bomba em ônibus mata 11 e fere 23 no Paquistão

Por Da Redação 19 out 2015, 18h38

A explosão de uma bomba em um ônibus na cidade de Quetta, no sudoeste do Paquistão, deixou pelo menos 11 mortos e 23 feridos nesta segunda-feira. Quetta é a capital da província de Baluchistão, a mais extensa do Paquistão, palco habitual de ataques de grupos separatistas, milícias islamitas e redes mafiosas que operam em todo o país.

“A explosão aconteceu em um ônibus de passageiros em Saryab Road, matando 11 pessoas e ferindo outras 23, sendo que cinco estão em situação crítica”, disse o secretário de Interior da província do Baluchistão, Akbar Hussain Durrani.

Leia também:

Diante de impasse, Paquistão adia enforcamento de paraplégico

Paquistão: Mortos pelo calor já passam de mil e necrotérios estão sem espaço

Continua após a publicidade

O político contou que, “de acordo com a equipe de desativação de explosivos, a bomba foi colocada na parte de trás do ônibus, onde estavam entre 35 e 40 passageiros”. Os feridos foram transferidos a hospitais e as forças de segurança isolaram a região, informou Durrani.

A explosão foi causada por uma bomba-relógio com seis quilos de explosivos, segundo o canal de televisão paquistanês Geo, que citou fontes policiais. O chefe da província, Abdul Malik Baloch, disse ao canal que o impacto da bomba destruiu o teto do veículo.

Os atentados de caráter sectário no Paquistão, especialmente contra a minoria xiita, que representa 20% da população do país, aumentaram nos últimos anos em meio à intensificação da violência terrorista. A região onde ocorreu o atentado desta segunda-feira está em alerta de ataques em função da proximidade da celebração xiita da Ashura (dia do martírio de Husayn ibn Ali, neto do profeta Maomé).

Em junho de 2013, um atentado perto de um centro de oração xiita em Quetta causou a morte de 30 pessoas e feriu outras 60. No início de 2014, três massacres em bairros xiitas dessa mesma cidade e Karachi deixaram mais de 250 mortos.

(Com EFE)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês