Clique e assine a partir de 8,90/mês

Ataque suicida deixa 21 mortos e dezenas de feridos no Afeganistão

Por Da Redação - 20 jun 2012, 12h45

(Atualiza com novo número de vítimas)

Cabul, 20 jun (EFE).- Pelo menos 21 pessoas morreram – em sua maioria civis – e mais de 30 ficaram feridas em um ataque suicida ocorrido nesta quarta-feira na cidade de Khost, no leste do Afeganistão, informou à Agência Efe uma fonte policial.

‘Um suicida atacou um comboio das tropas internacionais na zona de Spin Jumat, na cidade oriental de Khost, matando 14 pessoas e ferindo muitas outras’, disse à Efe Mohammad Zazai, chefe da polícia provincial de Khost.

Horas depois, a embaixada dos EUA em Cabul divulgou um comunicado no qual elevou o número de mortos para 21, sendo 17 deles civis afegãos, três soldados e um intérprete da missão da Otan no país (Isaf).

As forças de segurança iniciaram uma investigação para determinar o ocorrido com maior exatidão, embora Zazai tenha confirmado que o alvo do agressor, que conduzia um carro repleto de explosivos, eram as tropas internacionais.

Em entrevista à Efe, um porta-voz dos talibãs, Zabiullah Mujahid, evitou atribuir a autoria do ataque ao movimento fundamentalista.

‘Sabemos que houve um atentado suicida em Khost, mas não o reivindicamos porque não era nosso alvo, já que não temos certeza se foram nossos mujahedins (guerrilheiros islâmicos) ou não’, explicou.

Os ataques suicidas são um dos recursos frequentemente usados pelos insurgentes talibãs em sua luta contra o governo afegão e as tropas internacionais que estão no país, embora os civis sejam as principais vítimas.

Segundo a missão das Nações Unidas no Afeganistão (Unama), 77% dos 3.021 civis mortos em 2011 pela guerra faleceram em ações atribuídas aos grupos rebeldes. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade