Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Ataque em escola chinesa deixa cinco feridos

Por Da Redação 30 abr 2010, 13h25

Cinco alunos de uma pré-escola da cidade de Weifang, região leste da China, foram feridos nesta sexta-feira por um homem com problemas psicológicos. O agressor atacou os alunos com um martelo antes de atear fogo ao próprio corpo e morrer.

Este foi o terceiro ataque em uma escola no país desde quarta-feira e o quarto em pouco mais de um mês.

Segundo a agência de notícias estatal, o homem jogou gasolina ao corpo enquanto segurava duas crianças nos braços. Os professores conseguiram salvar os alunos, que foram levados para um hospital e passam bem. Outras três crianças também foram internadas e estão em situação estável.

Na última quinta-feira, um homem de 46 anos esfaqueou 29 crianças, dois professores e um segurança, dentro de um jardim de infância em Taixing, a poucas horas de Xangai.

Os incidentes aconteceram depois de outros dois ataques com facas contra estudantes e crianças pequenas em creches, no país, desde o dia 23 de março. No total, oito pessoas morreram e pelo menos 50 ficaram feridas.

As agressões foram em cidades pequenas, distantes dos centros urbanos mais ricos da China. A população faz apelos por medidas de segurança para proteger os estudantes. A maioria dos casais tem apenas um filho por causa da política de controle de natalidade adotada no país.

(Com Reuters e Agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade