Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ataque deixa ao menos 2 mortos no centro de Liège, na Bélgica

Por Da Redação 13 dez 2011, 11h56

(Atualiza números e acrescenta mais detalhes)

Bruxelas, 13 dez (EFE).- Ao menos duas pessoas morreram e 56 ficaram feridas, dez delas em estado grave, após ataque com armas de fogo e explosivos realizado nesta terça-feira aparentemente por apenas um indivíduo, no centro da Liège, na Bélgica.

Segundo o prefeito da cidade, Willy Demeyer, o crime foi praticado por apenas uma pessoa, que morreu durante a ação. As primeiras informações apontavam para mais de um suspeito.

‘O balanço atual é de dois mortos e 56 feridos. O autor teria atuado só’, afirmou Demeyer à imprensa local. O dirigente disse também que o criminoso tinha passagens pela polícia, principalmente por questões relacionadas ao tráfico de drogas.

A polícia informou que a situação já está sob controle e que em breve a praça onde o ataque foi realizado será liberada.

Continua após a publicidade

Segundo as primeiras informações, três ou quatro pessoas participaram do ataque e pelo menos um deles lançou artefatos explosivos na praça em que está localizado o Palácio de Justiça da cidade, onde também foram registrados disparos.

Embora parte da imprensa indique que o ataque foi uma tentativa de libertar um preso que estava no tribunal da praça Saint Lambert, não há nenhuma confirmação oficial até o momento.

De acordo com a agência de notícias ‘Belga’, os agressores usaram explosivos e um fuzil kalashnikov. Segundo a edição digital do jornal ‘Le Soir’, uma criança de dois anos corre risco de morte em um hospital de Liège.

Testemunhas entrevistadas pela imprensa belga afirmaram que pelo menos quatro grandes explosões foram registradas, além de outras menores, acompanhadas de disparos de uma arma automática.

O centro histórico da cidade foi isolado e as pessoas que estavam nas ruas se abrigaram em lojas e edifícios públicos, enquanto os serviços de saúde instalaram um posto de emergência na região. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade