Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataque aéreo contra Al Qaeda mata 3 no sul do Iêmen

Sana, 28 mai (EFE).- Pelo menos três pessoas, entre elas um suposto militante da Al Qaeda, morreram nesta segunda-feira após um ataque aéreo contra a rede terrorista na província de Al Baida, no sul do Iêmen, informou o grupo radical ‘Ansar al Sharia’.

Segundo o grupo ligado à Al Qaeda, o ataque foi lançado por um avião não-tripulado americano em Haifa e deixou quatro pessoas feridas. Entre os mortos, aparecem dois civis, que passavam pelo local no momento da explosão, e mais um suposto militante da Al Qaeda.

O Ministério da Defesa iemenita confirmou o ataque, embora não tenha informado o número preciso das vítimas. Fontes tribais iemenitas disseram à Agência Efe que o ataque tinha o objetivo de atingir um dirigente da Al Qaeda, identificado como Qaeda al Zahab, que, por sua vez, saiu ileso.

Na noite de ontem, seis supostos terroristas morreram na cidade meridional de Zinyibar, capital de Abian, segundo o Ministério da Defesa.

Essas mortes foram registradas em resposta a um ataque dos militantes contra uma base militar. Entre as vítimas, aparece Abdel Rahman al Musalami, um alto cargo da Al Qaeda, acrescentou o Ministério, que não ofereceu mais detalhes.

Estes ataques fazem parte de uma ampla ofensiva militar lançada no sul do país contra os redutos da Al Qaeda, que controla a maioria das localidades da província de Abian.

A atividade da Al Qaeda e de grupos próximos se intensificou desde que explodiu a revolta contra o regime do presidente iemenita, Ali Abdullah Saleh, cuja saída definitiva do poder ocorreu no final de fevereiro com a posse do anterior vice-presidente, Abdo Rabbo Mansour Hadi. EFE