Clique e assine a partir de 9,90/mês

Ataque a tiros deixa 35 mortos em boate na Turquia

Pessoas vestidas de Papai Noel abriram fogo em uma famosa casa noturna de Istambul. Governador classificou ataque como "terrorista"

Por da redação - Atualizado em 31 dez 2016, 23h33 - Publicado em 31 dez 2016, 22h25

Três pessoas vestidas de Papai Noel entraram em uma boate famosa de Istambul, na Turquia, e abriram fogo contra os clientes que celebravam o Ano Novo, deixando ao menos 35 mortos e mais de 40 feridos, segundo declarações do governador de Istambul, Vasip Şahin, à emissora local NTV, na madrugada de domingo (pelo horário local).

Vasip Şahin classificou o caso como um “ataque terrorista”, sem especificar quem seriam os autores. O ataque aconteceu no clube Reina, localizado na margem do Bósforo, um conhecido lugar de lazer da sociedade de Istambul. Os tiros começaram por volta das 2 horas da madrugada de domingo (21 horas de sábado em Brasília).

Os criminosos atiraram com armas automáticas de maneira indiscriminada a partir da entrada da boate, matando um guarda, e depois entraram no local, onde cerca de 800 pessoas comemoravam a chegada do Ano Novo.

As testemunhas do ataque, citadas pelo jornal Hurriyet, disseram que os atiradores gritavam palavras de ordem em árabe.

A polícia deslocou vários agentes para o local do ataque, além de várias ambulâncias, e os esforços estão sendo feitos para salvar vários clientes que se jogaram no Estreito de Bósforo, por causa do pânico.

(Mais informações em instantes)

(com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade