Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ataque a faca deixa ao menos três mortos e diversos feridos na França

Incidente aconteceu próximo a uma igreja na cidade de Nice; segundo as autoridades locais, o suspeito foi detido

Por Da Redação Atualizado em 29 out 2020, 07h16 - Publicado em 29 out 2020, 06h47

Um ataque a faca deixou ao menos três mortos e vários feridos nesta quinta-feira, 29, na cidade de Nice, na França. O prefeito da cidade, Christian Estrosi, afirmou que o suspeito foi detido e classificou o incidente como terrorismo.

O ato aconteceu por volta das 9h no horário local (5h de Brasília) perto da basílica Notre-Dame, no centro de Nice. O ministro do Interior, Gérald Darmanin, anunciou uma “reunião de crise” após o ataque com a participação do presidente Emmanuel Macron, que irá a cidade logo depois.

Muitos policiais e socorristas foram enviados para as imediações da igreja. “A situação está sob controle”, afirmou um agente. Estrosi, que seguiu de maneira imediata para o local do ataque, disse que a França deve atuar para “eliminar o islamofascismo”. A unidade antiterrorista do Ministério Público francês abriu uma investigação sobre o caso.

  • Os deputados franceses, que debatiam um novo confinamento nacional decidido na véspera e que entrará em vigor nesta quinta-feira à meia-noite, respeitaram um minuto de silêncio quando foram informados sobre o incidente. O primeiro-ministro, Jean Castex, que estava presente na Assembleia Nacional, abandonou o Parlamento ao receber a notícia.

    As mortes desta quinta acontecem poucos menos de duas semanas após o professor Samuel Paty ser decapitado próximo a Paris. Em uma aula sobre liberdade de expressão, ele havia mostrado uma charge do profeta Maomé.

    Nice, uma cidade de pouco mais de 500.000 habitantes, foi cenário em 14 de julho de 2016 de um ataque que deixou 86 mortos no Dia da Festa Nacional, ou Dia da Bastilha.

    (com AFP)

    Continua após a publicidade
    Publicidade