Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataque à casa de parlamentar afegão termina com pelo menos 4 mortos

Criminosos tentam entrar na casa de um deputado com explosivos, mas é impedido por guardas; buscas pelos fugitivos continua

Dois civis, um policial e um agressor foram mortos em uma tentativa de ataque à casa de um parlamentar na província de Nangahar, no Afeganistão, informou uma fonte oficial, nesta sexta-feira 8. Outras cinco pessoas ficaram feridas no episódio, incluindo uma criança.

O ataque aconteceu durante a madrugada, na cidade de Jalalabad, quando um grupo de homens equipado com coletes carregados de explosivos tentou entrar na residência do deputado Faridoon Momand. O parlamentar não estava no local na hora, disse o porta-voz do governador de Nangahar, Attaullah Khogyanai.

Os assaltantes abriram fogo contra um policial que vigiava o edifício, matando-o, e tentaram entrar na casa, mas foram impedidos pelos guardas, disse Khogyanai.

Segundo o porta-voz, durante o confronto com os seguranças, um dos atacantes morreu. Um número desconhecido de criminosos conseguiu se refugiar em uma casa vizinha, onde mataram dois civis, um homem e uma mulher. A operação de busca pelos agressores nos edifícios próximos continua, explicou Khogyanai.

Por enquanto, nenhum grupo reivindicou o ataque. A província onde ocorreu o incidente faz fronteira com o Paquistão e é uma das zonas mais inseguras do Afeganistão.

Nela operam talibãs e o Estado Islâmico (EI), que têm a região como seu principal bastião no país centro-asiático. Jalalabad, capital da província, é habitual palco de ataques terroristas contra alvos civis.

(Com EFE)