Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Aspirantes republicanos disputam primárias em New Hampshire

Por Da Redação 10 jan 2012, 03h09

Manchester (EUA), 10 jan (EFE).- Cerca de 250 mil eleitores irão às urnas nesta terça-feira no estado de New Hampshire, na primeira de uma série de primárias nos Estados Unidos para escolher o candidato republicano que enfrentará o presidente Barack Obama nas eleições presidenciais de novembro.

A maioria das pesquisas de opinião dá como vencedor o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney, pelo que a verdadeira batalha será travada pelo segundo lugar.

A enquete mais recente, da Universidade de New Hampshire e WMUR, mostra Romney com 41% de apoio, seguido pelo legislador texano Ron Paul, com 17%.

O terceiro lugar é disputado pelo ex-senador da Pensilvânia Rick Santorum e o ex-governador de Utah Jon Huntsman, com 11% das intenções cada um, à frente do ex-presidente da Câmara de Representantes Newt Gingrich, com 8%, e do governador do Texas, Rick Perry, com apenas 1%.

Após sua apertada vitória em Iowa na última terça-feira, com apenas oito votos de vantagem sobre Santorum, o Romney precisa vencer por uma boa margem nas primárias de hoje para elevar sua imagem diante da base conservadora de seu partido, especialmente entre os que questionam sua pureza ideológica.

Nas primárias de New Hampshire, os eleitores escolherão 12 delegados que representarão o estado na convenção nacional republicana de agosto, em Tampa (Flórida).

Apesar de seu baixo número de delegados, as primárias de New Hampshire servirão para medir a força dos aspirantes e a viabilidade de sua candidatura.

Nesse sentido, os resultados desta noite ajudarão a determinar, por exemplo, se o surgimento de Santorum se confirmará neste ciclo eleitoral e se Gingrich conseguirá suportar a crescente pressão para desistir de sua candidatura.

Depois de New Hampshire, a batalha se transferirá à Carolina do Sul, local das primárias de 21 de janeiro e onde Romney também desponta como o favorito na disputa por 25 delegados. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade