Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aprendiz na política, Trump anuncia pré-candidatura à Presidência

O empresário e apresentador de TV flerta com a candidatura desde 1988, mas nunca tinha levado a proposta até o final. Popular, ele pode embaralhar a disputa

O empresário Donald Trump anunciou a sua pré-candidatura à Presidência dos Estados Unidos, um movimento que ameaça acirrar a disputa nas primárias republicanas. Depois de cogitar publicamente a sua candidatura por cinco vezes desde 1988, Trump declarou formalmente a sua intenção de concorrer à Casa Branca no ano que vem. Ele é a 12ª pessoa a lançar pré-candidatura pelo Partido Republicano.

Trump, de 69 anos, é um conhecido empresário de sucesso e personalidade de televisão nos Estados Unidos, onde apresenta o reality show ‘O Aprendiz’. Agora, ele espera usar a sua fama para ganhar a simpatia dos eleitores nas prévias republicanas. “Senhoras e senhores, eu anunciando oficialmente a minha candidatura à presidente dos Estados Unidos, e nós vamos fazer o nosso país ser grande novamente”, disse. Apesar de ser um empresário bem-sucedido e uma figura popular no showbiz, Trump recebe críticas por nunca ter exercido um cargo público executivo e nunca ter atuado na política, uma área que costuma ser cruel com aprendizes.

Leia também
Jeb Bush oficializa pré-candidatura à Presidência dos EUA
Hillary Clinton lança sua pré-candidatura à Presidência e ataca grandes fortunas
Republicano Rick Perry tentará novamente a Presidência dos EUA

O evento de anúncio refletiu a personalidade extravagante de Trump, uma figura fácil de colunas sociais e revistas de celebridades. A fala de Trump foi precedida de um medley de canções dos Rolling Stones e músicas pop.

Finanças – Funcionários da campanha disseram que iriam liberar detalhes sobre as finanças de Trump após o evento. O empresário nunca apresentou uma declaração financeira pessoal durante as suas tentativas anteriores de entrar na corrida pela Presidência. Trump tem uma fortuna estimada em 9 bilhões de dólares (mais de 28 bilhões de reis), concentrada em ativos imobiliários. No entanto, analistas projetam que ele pode ter dívidas substanciais.

O empresário contratou funcionários em Iowa e New Hampshire para organizar encontros de final de semana com eleitores que votarão nas prévias. A entrada de Trump na corrida apresenta complicações para seus candidatos rivais, uma vez que, em seu programa de televisão e em palestras que faz pelo país, defende posturas que agradam bastante tanto os eleitores republicanos como os indecisos.

(Da redação)