Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após incêndio, Notre-Dame celebra primeira missa neste sábado

Com capacetes de segurança, cerca de trinta pessoas, a metade delas sacerdotes, assistiram à celebração que durou uma hora

O arcebispo de Paris, Monsenhor Michel Aupetit, celebrou na tarde deste sábado, 15, a primeira missa em Notre-Dame desde o incêndio que destruiu parcialmente a catedral, há dois meses. “Por evidentes razões de segurança”, segundo a diocese de Paris, a cerimônia não seria aberta ao público, mas teria transmissão ao vivo pela emissora católica KTO. Uma pequena congregação com capacetes brancos participou da missa.

Cerca de trinta pessoas, a metade delas sacerdotes, participaram da missa que durou hora, e começou às 18h locais (13h de Brasília) na capela localizada atrás do coro, um lugar onde a segurança havia sido garantida. À exceção dos sacerdotes responsáveis por celebrar a missa, todos que estivessem no local deveriam usar um capacete.

Incêndio e reconstrução

Em 15 de abril deste ano, um incêndio de grandes proporções destruiu parte da estrutura da catedral. O fogo queimou a construção por aproximadamente oito horas até ser controlado por equipes dos bombeiros. Apesar da destruição, várias relíquias importantes para o cristianismo sobreviveram ao incêndio, como o Órgão e a Santa Coroa de Espinhos.

Em resposta, o governo francês disse que iria reconstruir Notre-Dame da forma mais fiel possível e diz que as obras irão durar cinco anos. Milionários doaram grandes quantias para sua reconstrução. O incêndio provocou grande comoção em todo o mundo e um impulso de solidariedade para salvar e restaurar este local emblemático da capital francesa e patrimônio mundial da Unesco.