Clique e assine a partir de 8,90/mês

Após cinco meses, Coreias reabrem complexo industrial

Projeto na cidade norte-coreana de Kaesong estava fechado desde 8 de abril

Por Da Redação - 16 set 2013, 02h32

O complexo industrial de Kaesong, único projeto conjunto criado por Coreia do Sul e Coreia do Norte, reiniciou nesta segunda-feira suas atividades após mais de cinco meses de fechamento, o que marca uma nova etapa do relacionamento entre os dois países.

Leia também:

Rodman promete livro e entrevista com Kim Jong-un

Coreia do Norte reabre linha militar com o Sul

Das 123 companhias sul-coreanas que mantêm fábricas no complexo situado na cidade norte-coreana de Kaesong, mais da metade começou a testar suas operações e pediu a seus trabalhadores norte-coreanos que voltem ao trabalho, informou o Ministério da Unificação da Coreia do Sul. Espera-se que 820 diretores e funcionários sul-coreanos cruzem a fronteira até Kaesong durante esta segunda – mais de 400 devem permancer no trabalho durante a noite para supervisionar o funcionamento das fábricas.

A reabertura do projeto ocorre uma semana depois dos dois países finalmente chegarem a um acordo, o que encerrou uma verdadeira maratona de encontros sobre o tema. O governo comunista de Pyongyang se comprometeu a não voltar a fechar o setor industrial de maneira unilateral ou devido à tensão política entre ambos os governos – Kaesong estava fechado desde 8 de abril, em decorrência de uma campanha de ameaças da Coreia do Norte contra Seul e Estados Unidos que foi iniciada em decorrência do terceiro teste nuclear praticado pelo regime comunista.

Ao fechar o projeto em abril, a ditadura norte-coreana retirou do complexo seus 53 000 trabalhadores, que devem retornar ao trabalho progressivamente.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade