Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ao menos 9 mortos em ataques no Iraque

Ao menos 9 pessoas, das quais sete membros das forças de segurança iraquianas, morreram e duas ficaram feridas neste sábado em ataques que ocorreram no norte do Iraque, informaram fontes médicas e de segurança.

O ataque mais mortífero ocorreu na cidade de Rachidiya, a nordeste de Mosul (350 km ao norte de Bagdá). Policiais e soldados do exército iraquiano controlavam um posto de controle quando desconhecidos atiraram.

Cinco membros das forças de segurança, policiais e militares, morreram, e outros dois ficaram feridos, segundo um capitão do exército que pediu o anonimato.

O médico Omar Danun do hospital de Mosul confirmou que recebeu os corpos de cinco vítimas.

A região onde ocorreu o ataque esta povoada majoritariamente por turcomanos, uma comunidade de cerca de 500 mil pessoas. Os turcomanos do Iraque vivem principalmente no norte do país, em Mosul, Kirkuk e Tal Afar. Foram alvo de muitos ataques que as autoridades atribuem à organização Al-Qaeda.

Ao sul de Mosul, desconhecidos dispararam contra um posto de controle na localidade de Hammam al-Alil, matando dois policiais e dois civis, segundo o general Mohamed al-Khuburi, da polícia da província.

A violência no Iraque diminuiu consideravelmente em relação aos terríveis anos de 2006 e 2007, mas continua sendo constante no país, que atravessa uma grave crise política e tensões sectárias.