Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Annan expressa a Assad ‘grave preocupação’ por situação na Síria

Por - - 10 mar 2012, 15h35

O emissário internacional Kofi Annan expressou neste sábado em Damasco ao presidente sírio, Bashar al Assad, sua “grave preocupação” em relação à violenta repressão aos protestos de oposição, informou a ONU em comunicado.

Annan, ex-secretário-geral da ONU ,”colocou várias propostas sobre a mesa para pôr fim à violência e às mortes, para dar acesso às agências humanitárias e à Cruz Vermelha, libertar os presos e iniciar um diálogo político inclusivo”, afirmou o texto.

O comunicado não dá detalhes sobre as propostas apresentadas a Assad por Annan, que realiza sua primeira viagem a Damasco em sua qualidade de enviado da ONU e da Liga Árabe.

Além disso, Annan “expressou grave preocupação com a situação na Síria e pediu que o presidente desse passos concretos para colocar fim à presente crise”, informou o texto.

Publicidade

O emissário e Assad voltarão a se reunir no domingo, completou o comunicado, que indica que Annan descreveu suas primeiras conversas com o presidente sírio como “francas e exaustivas”.

Annan deve se reunir também com “líderes da oposição e jovens ativistas, assim como com proeminentes empresários e empresárias”, informou.

Annan viajará a Doha e Qatar no domingo.

Publicidade