Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Angelina Jolie dará aula sobre mulheres e conflitos em universidade britânica

A atriz será professora visitante em um mestrado da London School of Economics

A atriz americana Angelina Jolie será professora visitante em um mestrado do Centro para as Mulheres, a Paz e a Segurança, integrado à London School of Economics (LSE), segundo anunciou nesta segunda-feira a universidade britânica.

A atriz dividirá esse papel com o ex-ministro das Relações Exteriores britânico, William Hague, com a diretora do departamento legal da Anistia Internacional (AI), Jane Connors, e com a secretária-geral da Liga Internacional de Mulheres pela Paz e a Liberdade, Madeleine Rees, entre outros.

“Estou muito animada pela criação deste programa de mestrado. Espero que outras instituições acadêmicas sigam o exemplo, porque é vital que ampliemos o diálogo sobre como avançar quanto aos direitos das mulheres e a impunidade dos crimes que lhes afetam de forma desproporcional”, disse a estrela de Hollywood em comunicado da universidade.

Leia também:

Em viagem ao Líbano, Angelina Jolie pede apoio a refugiados da Síria

Jolie, que atua como enviada especial do Acnur, a agência da ONU para os refugiados, afirmou que espera “ensinar e aprender com os estudantes”, assim como compartilhar com eles suas “experiências trabalhando junto com governos e as Nações Unidas”.

Hague, que liderou junto com a atriz diversas campanhas contra a violência sexual nas guerras, disse, por sua parte, que o curso da London School of Economics “ajudará a consolidar” essa mensagem. O mestrado permitirá “desenvolver especialistas e pesquisadores na matéria que nos ajudarão a acabar com a cultura da impunidade”, destacou o ex-ministro.

A diretora do mestrado, Christine Chinkin, declarou que “juntar pessoas com experiência prática, legisladores e ativistas com acadêmicos é essencial para avançar no conhecimento e ter influência global”.

(Com EFE)