Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Americanos detidos no Irã serão libertados nesta quarta

Por Da Redação 21 set 2011, 08h28

Dois americanos detidos há dois anos no Irã, onde cumprem pena por espionagem, serão libertados nesta quarta-feira, informou a justiça iraniana.

“A pedido do advogado dos dois americanos, a câmara Nº36 do Tribunal de Apelação transformou o veredicto de prisão provisória em liberdade sob fiança”, afirma um comunicado da Autoridade Judicial iraniana.

Shane Bauer e Josh Fattal serão “libertados até o veredicto definitivo em troca de uma fiança de cinco bilhões de rials” (400.000 dólares), completa a nota.

Os dois americanos devem ser entregues à embaixada da Suíça, que representa os interesses de Washington, em Teerã, afirmou o advogado dos réus, Masud Shafii.

O advogado disse que enviou um funcionário para pagar a fiança e que espera a libertação para a partir das 15H00 (7H30 de Brasília).

Continua após a publicidade

A libertação de Bauer e Fattal com o pagamento de fiança havia sido antecipada no dia 13 de setembro pelo presidente iraniano Mahmud Ahmadinejad, que mencionou um “gesto humanitário”.

Shane Bauer e Josh Fattal, de 29 anos, foram condenados a oito anos de prisão cada, soba a acusação de espionagem.

Outra americana, Sarah Shourd, de 32 anos, foi libertada após o pagamento de fiança em setembro de 2010.

Os três foram detidos em 31 de julho de 2009 na fronteira entre Iraque e Irã. Eles afirmaram que entraram no território iraniano por engano, depois que se perderam durante uma excursão pelas montanhas do Curdistão iraquiano.

Todos se declaram inocentes das acusações de espionagem.

Continua após a publicidade
Publicidade