Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Alto funcionário do governo russo há décadas, assessor de Putin renuncia

Atualmente enviado especial do clima, Anatoly Chubais estava no governo desde 1990 e é o primeiro alto funcionário a renunciar desde o início da guerra

Por Matheus Deccache 23 mar 2022, 17h42

O enviado para o Clima da Presidência da Rússia, Anatoly Chubais, se tornou o primeiro alto funcionário russo a renunciar ao cargo desde o início da guerra com a Ucrânia, de acordo com o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, nesta quarta-feira (23). Ele fazia parte do governo desde 1990. 

De acordo com a Bloomberg, citando duas fontes anônimas, Chubais deixou o país por se opor à guerra e não tem planos de retornar. Um dos principais arquitetos das reformas econômicas do ex-presidente Boris Yeltsin na década de 1990, o conselheiro ocupou altos cargos políticos e empresariais sob o governo de Putin e atuava desde 2020 como enviado climático.

+ Otan deve enviar mais tropas para o leste da Europa, diz secretário-geral

Sua renúncia ocorre em meio a uma forte reação global à invasão russa, inclusive dentro da própria Rússia, à medida que sanções internacionais e boicotes atingem a economia e seria o primeiro sinal de uma discordância pública dentro da elite dominante do país.

Na última semana, um ex-vice-primeiro-ministro, Arkady Dvorkovich, deixou o cargo de presidente da Fundação Skolkovo, focada em tecnologia, e fez críticas a Putin e ao conflito com a Ucrânia. Além disso, vários oligarcas russos romperam a hierarquia para criticar a guerra depois que os governos ocidentais começaram a sancioná-los.

+ Os números da guerra da Ucrânia, segundo embaixada

Em comentários feitos na semana passada, o líder russo se manifestou contra a “escória” que se opunha à guerra e falou em uma “necessária auto desintoxicação da sociedade”, fala interpretada por especialistas como uma ameaça a parte da elite que se opõe ao confronto. 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)