Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Al-Qaeda reivindica atentados que deixaram 74 mortos no Iraque

Por Ali al-Saadi 21 set 2011, 12h29

A facção iraquiansa da Al-Qaeda reivindicou nesta quarta-feira uma grade parte da série de atentados que em 15 de agosto passado causou a morte de 74 pessoas em 18 cidades diferentes.

Em um comunicado publicado na internet, a Organização do Estado Islâmico do Iraque reivindicou em particular o duplo atentado que matou 40 pessoas em Kut, sudeste de Bagdá, e os ataques contra dois comissários em Nayaf e Kerbala.

O dia 15 de agosto passado foi o mais violento desde 10 de maio de 2010, durante o qual 60 ataques deixaram 110 mortos.

Publicidade