Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Afeganistão: ataque a hotel é encerrado após 12h e deixa 6 mortos

Talibã reivindicou autoria do ato e afirmou que alvo eram estrangeiros e autoridades afegãs

Autoridades do Afeganistão relataram que o ataque ao Hotel Intercontinental na capital, Cabul, terminou, após mais de 12 horas de tensão, com todos os invasores mortos por forças de segurança. O porta-voz do Ministério do Interior, Najib Danish, disse que o último atirador foi morto na tarde de domingo, no horário local. O ataque deixou seis vítima fatais, incluindo um estrangeiro e um oficial de telecomunicações que participava de uma conferência.

O Talibã reivindicou a autoria do ataque, que teve início na noite de sábado, e afirmou que cinco homens armados e vestidos com coletes explosivos tinham como alvo estrangeiros e autoridades afegãs.

Seis pessoas ainda ficaram feridas, incluindo três agentes de segurança. O porta-voz do Talibã, Zabihullah Mujahid, declarou que os insurgentes planejavam atacar o hotel na quinta-feira à noite, mas adiaram a ação pois um casamento era celebrado no hotel e o grupo queria evitar mortes de civis.

Homem se pendura na sacada do Hotel Intercontinental, localizado em Cabul, no Afeganistão, após ataque - 21/01/2018 Homem se pendura na sacada do Hotel Intercontinental, localizado em Cabul, no Afeganistão, após ataque – 21/01/2018

Homem se pendura na sacada do Hotel Intercontinental, localizado em Cabul, no Afeganistão, após ataque – 21/01/2018 (Omar Sobhani/Reuters)

Membro das forças de segurança afegã realiza patrulha próximo ao Hotel Intercontinental, em Cabul - 21/01/2018 Membro das forças de segurança afegã realiza patrulha próximo ao Hotel Intercontinental, em Cabul – 21/01/2018

Membro das forças de segurança afegã realiza patrulha próximo ao Hotel Intercontinental, em Cabul – 21/01/2018 (Wakil Kohsar/AFP)

Fumaça é vista no Hotel Intercontinental após ataque Fumaça é vista no Hotel Intercontinental após ataque, na cidade de Cabul, capital do Afeganistão – 21/01/2018

Fumaça é vista no Hotel Intercontinental após ataque, na cidade de Cabul, capital do Afeganistão – 21/01/2018 (Mohammad Ismail/Reuters)