Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Adolescente palestino é morto em Gaza por soldados de Israel

Na 48ª Marcha do Retorno, 30 pessoas ficaram feridas pela reação das forças de Israel; um menino de 12 anos está em estado grave

O menor palestino Youssef al Dayah, de 15 anos, foi morto nesta sexta-feira, 22, por soldados do Exército de Israel durante os protestos que ocorrem todas as sextas-feiras na Faixa de Gaza, desde abril de 2018, junto à cerca de separação com Israel. Segundo o Ministério de Saúde de Gaza, outro palestino, de 12 anos, está entre a vida e a morte depois de ter sido atingido por disparos no peito.

O ministério informou que 30 manifestantes ficaram feridos por disparos do lado israelense.

Centenas de palestinos compareceram nesta sexta-feira à Grande Marcha do Retorno, em sua 48ª semana consecutiva. O movimento iniciado em março do ano passado tem os objetivo de reivindicar o regresso dos refugiados palestinos a seus locais de origem, em Israel, e de pedir o fim do bloqueio israelense a Gaza, imposto desde 2007.

A tensão aumentou na Faixa de Gaza no ano passado, com sete picos de violência. Houve lançamento em massa de projéteis desde Gaza e bombardeios israelenses em represália, com frágeis tréguas.

Desde o início dessa mobilização em Gaza, mais de 250 palestinos morreram em decorrência de disparos das forças israelenses, conforme dados do Ministério de Saúde palestino. Um soldado israelense junto à fronteira e outro em uma operação do Exército encoberto dentro do enclave também foram mortos.

(Com EFE)