Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Acusações são retiradas contra suspeita de assassinar irmão de Kim Jong-un

Parente do líder norte-coreano foi assassinado em aeroporto na capital da Malásia, em fevereiro de 2017

Por Da Redação Atualizado em 11 mar 2019, 03h27 - Publicado em 11 mar 2019, 01h10

A Promotoria da Malásia pediu, nesta segunda-feira 11, a retirada das acusações contra uma das acusadas pelo assassinato de Kim Jong-nam – irmão mais velho do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un – em fevereiro de 2017, no aeroporto de Kuala Lumpur.

A cidadã indonésia Siti Aisayah, de 26 anos, deveria iniciar sua defesa em maio próximo depois que o juiz aceitou em agosto a versão da Promotoria contra ela e sua suposta cúmplice, a vietnamita Doan Thi Huong, de 30 anos.

A Promotoria indicou ao tribunal que não pretende continuar o caso contra a mulher sem esclarecer os motivos da sua decisão e deixando nas mãos do juiz a decisão de absolver a acusada, segundo o documento apresentado ao juiz pela acusação pública.

A indonésia foi nesta segunda-feira à corte de Kuala Lumpur onde estava previsto o início da defesa de Doan, que se espera que apresente ao juiz a alegação da sua defesa.

As duas mulheres atacaram Kim no dia 13 de fevereiro de 2017 no terminal de saída do aeroporto de Kuala Lumpur, em uma ação que a Coreia do Sul atribuiu a agentes norte-coreanos e que foi registrada por câmeras de segurança.

As duas alegam inocência e asseguram que acreditavam que participavam de uma piada para um programa de televisão quando esfregaram o rosto da vítima com uma substância que elas pensavam ser inofensiva.

(Com EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)