Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Avião russo mata soldados turcos acidentalmente na Síria

Em ligação ao Presidente da Turquia, Vladimir Putin demonstrou o seu pesar sobre os acontecimentos.

Na manhã desta quinta-feira, as Forças Armadas da Turquia confirmaram o acidente envolvendo um avião russo que acidentalmente matou três soldados turcos e deixou onze feridos durante uma operação contra o Estado Islâmico (EI), no norte da Síria.

Segundo a rede BBC, os soldados estavam dando apoio aos rebeldes sírios para tomar a cidade de Al Bab, dominada pelos jihadistas do EI. A ação era parte de uma grande ofensiva realizada pela Turquia para afastar os curdos e o Estado Islâmico da fronteira sul do país. 

Um militar turco informou que o planejado era atacar alvos dos jihadistas, porém, “acidentalmente três de nossos soldados foram atingidos quando o prédio em que nossas tropas estavam foi bombardeado”. Após o acidente o presidente da Rússia, Vladimir Putin, ligou para seu colega turco, Recep Tayyip Erdogan, para expressar o seu pesar pelos acontecimentos.

Tensões recentes — Rússia e Turquia estão envolvidas no conflito da Síria de lados opostos. Ancara se opõe firmemente ao ditador sírio, Bashar Assad, enquanto o Kremlin vem mobilizando tropas e a Força Aérea em apoio ao regime. As tensões se acentuaram em dezembro, quando um terrorista matou o embaixador russo na Turquia, Andrei Gennadyevich Karlov.

(Com agência EFE)