Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

VEJA COMER & BEBER: oito bons restaurantes japoneses em Belo Horizonte

Confira também dois endereços de comida chinesa e dois endereços de comida indiana para conhecer na cidade

Por Natalia Horita, Renata Helena Rodrigues, Aline Gonçalves, Angélica Diniz, Camila Sayuri, Gustavo Prado, Luly Zonta, Mariani Campos, Rafaela Matias, Rafael Rocha 20 set 2019, 23h58

Akemi Oriental Fusion

As receitas têm origem japonesa, mas ganham toques criativos. Figuram como pratos favoritos da clientela o usuzukuri de salmão, no qual o pescado é fatiado em lâminas finas e regado com azeite trufado (R$ 31,00, cinco unidades) e a robata (tipo de espetinho) de polvo grelhado com batatas ao molho de páprica picante (R$ 79,00). No inverno, um cardápio especial traz sugestões quentes, como o lámen (R$ 34,00). Alameda Oscar Niemeyer, 288, Vila da Serra, Nova Lima,3318-3381 (160 lugares). 11h30/14h30 e 18h/0h (sex. e sáb. até 1h; sáb. e dom. almoço 12h/16h). Aberto em 2014. $$$

Hokkaido

A casa não faz muitas concessões à ocidentalização das pedidas e serve receitas japonesas tradicionais. O combinado chamado moriawase reúne doze sushis de salmão, atum e camarão, dez sashimis de salmão e atum e dezesseis hossomakis de salmão e de atum (R$ 184,00). A opção quente com mais saída é o teppan yaki de salmão com legumes, que chega à mesa fumegando na chapa (R$ 101,00). Ponteio Lar Shopping,3286-4020 (130 lugares). 11h/23h30 (sex. e sáb. até 1h; dom. 12h/23h). Aberto em 1995. $$$

Kanpai

O ceviche kanpai mistura peixe branco, lula e camarão marinados em molho cítrico (R$ 23,90) e pode anteceder pedidas como o combinado que também é batizado com o nome da casa. Com vinte peças, a sugestão reúne sashimis, gunkans, sushis e makis, todos com salmão (R$ 69,90). A seção de ingredientes especiais tem o ebi haddock, que traz camarão envolto em lâminas de hadoque defumado com cream cheese e molho de ervas (R$ 23,90). Da ampla carta de drinques, o grand sour mistura saquê, limão-siciliano, refrigerante artesanal de gengibre, mel e licor de laranja (R$ 26,90). Rua Pium-í, 1122, Sion,3656-4621 (110 lugares). 18h/22h30 (qua. e qui. até 23h; sex. até 0h; sáb. 12h/16h e 18h/22h30). 2017. $$

Kei

A entrada de mais sucesso é a kei maki, um roll de salmão com recheio crocante de cream cheese e camarão mais molho teriyaki (R$ 41,00, dez peças). Uma novidade, o vieira roll é um enrolado com salmão, vieira e raspa de limão-siciliano (R$ 49,00, oito unidades). Em seguida, vai bem o atum selado com gergelim ladeado por purê de baroa e shiitake refogado no shoyu e saquê (R$ 79,00). Outra opção é o combinado mangá, com 26 peças, entre elas o sashimi de hadoque (R$ 106,00, para duas pessoas). Rua Bárbara Heliodora, 54, Lourdes,2555-9090 (130 lugares). 18h/0h (sáb. e dom. 13h/0h). Aberto em 2008. $$$

Marukame

Carro-chefe, o rodízio varia de acordo com o lugar que cliente escolhe para sentar. No balcão, o sushiman cria receitas na hora, de acordo com o gosto do freguês, incluindo ingredientes como ovas e polvo (R$ 150,00 por pessoa). À mesa, o serviço é mais básico, mas ainda assim abarca cerca de setenta itens entre entradas, pratos quentes, sushis, sashimis e temakis (R$ 95,00 por pessoa). Também dá para pedir à la carte sugestões como o combinado de nove sashimis e dez sushis (R$ 70,00, para dois). Para brindar, faz sucesso o gim-tônica com limão-siciliano e alecrim (R$ 29,00). Avenida do Contorno, 8863, Gutierrez,2526-9006 (120 lugares). 19/0h (sex. até 0h30; sáb. 18h/1h; dom. 12h/16h e 19h/23h; fecha seg.). Aberto em 2016. $$$

Sushi Naka

Fundada há mais três décadas pelo casal de japoneses Osami e Setuko Nakao, a casa atualmente é comandada por seus três filhos: Mitiharo, Takai e Yoshitada Nakao. No balcão, o cliente pode assistir ao preparo cuidadoso dos sushis e sashimis, enquanto a cozinha executa pratos quentes. Um deles é o teishoku especial (R$ 145,00, para duas pessoas), combo que reúne sashimi, salmão grelhado, tempurá, gohan e outros acompanhamentos, uma das opções preferidas da clientela no jantar. De terça a sexta, no almoço, o executivo sai a R$ 85,00. Rua Gonçalves Dias, 92, Funcionários,3287-2714 (90 lugares). 11h/14h e 18h/23h30 (sáb. almoço até 14h30; dom. 11h/15h30 e 18h/23h30; fecha seg.). Aberto em 1988. $$

Taika Izakaya

Continua após a publicidade

O cardápio mescla a tradição japonesa com pitadas criativas. Para iniciar a refeição, uma novidade é o sushi de tempurá de camarão com enguia e abacate (R$ 36,00 o trio). Na sequência, podem vir à mesa a pizza de atum fresco com maionese trufada (R$ 38,00, 25 centímetros de diâmetro) e as fatias de wagyu seladas na pedra vulcânica e finalizadas com molho ponzu (R$ 80,00, dez unidades). Para acompanhar, há saquês como o japonês Hakutsuru (R$ 40,00 a dose em versões seco ou suave). Rua Juvenal Melo Senra, 383, Belvedere,2127-1818 (100 lugares). 18h/0h (sex. sáb. e feriados até 1h; dom. 12h/23h30; fecha seg.). Aberto em 2015. $$$

Udon (campeão da categoria 2019)

Não é tarefa fácil desbancar o Udon, que leva o terceiro prêmio consecutivo, liderando a disputa pela melhor cozinha oriental da capital. Com pegada contemporânea e clima badalado, a casa aposta em receitas que vão além da tradição japonesa. A maior parte delas é preparada pelo habilidoso time de cinco sushimen que trabalha atrás do balcão em cada uma das duas unidades. Saem de suas mãos pedidas como o sushi de vieira com shiitake ou com foie gras (R$ 42,00 a dupla de cada um). Outras sugestões são a lichia recheada com ikura, ovas de salmão (R$ 29,90 a dupla), o ceviche de peixe-branco com granita de tangerina (R$ 33,90) e o sashimi de salmão gravlax curado por 48 horas (R$ 47,90, com dez fatias). Para uma experiência completa, vale optar por um dos três menus degustação — o princesa masako (R$ 138,90) apresenta dezesseis sushis entre tradicionais e contemporâneos. Igualmente atraente, a seção de pratos quentes inclui uma lista de robatas, os espetinhos japoneses feitos em uma churrasqueira típica. A mais pedida é a de salmão com molho à base de cogumelos, azeite trufado e musseline de beterraba (R$ 61,90). A oferta etílica contempla oitenta rótulos de vinho e drinques, que costumam ser os preferidos do público. O watermelon spritz, uma mistura de gim, xarope de melancia, suco de limão, água tônica e canela em pau, custa R$ 33,90. Rua Gonçalves Dias, 1965, Lourdes,243-8004 (142 lugares). 18h/0h (sáb., dom. e feriados também 12h/16h); Estrada para Nova Lima, 403, Belvedere,3324-0052 (110 lugares). 18h/0h (qui. a sáb. até 1h). Aberto em 2008. $$$

CHINESES

Macau

As receitas tradicionais da China são o forte desta casa fundada há mais de quarenta anos. Para petiscar, os clientes costumam pedir as trouxinhas de massa frita recheadas de lombo suíno e camarão (R$ 52,00, dez unidades). O ninho de frutos do mar é uma cesta de batata com peixe, lula, camarão, cenoura, pepino e cebola salteados (R$ 110,00, para dois) e geralmente chega à mesa com o arroz chau chau, com lombo, ovo e camarão (R$ 30,50). Avenida Olegário Maciel, 1767, Lourdes,3337-6193 (150 lugares). 11h30/14h30 e 18h/23h30 (sex. até 0h; sáb. 11h30/16h e 18h/0h; dom. 11h30/16h30 e 19h/23h; feriados 11h30/16h e 18h30/23h; fecha seg.). Aberto em 1975. $$

YunTon

A entrada do restaurante remete a templos chineses, com colunas vermelhas e detalhes em dourado. Para iniciar a refeição, fazem sucesso o rolinho primavera (R$ 9,00) e o pãozinho chinês assado no vapor, que pode ser recheado com vegetais ou carne (R$ 9,00 a unidade). Na etapa principal, há o frango fênix, que traz filés crocantes com alho-poró e cogumelo-de-paris, cobertos por molho de feijão-preto (R$ 73,00, para duas pessoas). A banana caramelada sai a R$ 32,00 e encerra a refeição. Rua Santa Catarina, 946, Lourdes,3337-2020 (150 lugares). 11h30/14h30 e 18h30/23h (sex. jantar até 0h; sáb. sem intervalo até 0h; dom. sem intervalo até 22h). Aberto em 1965. $

INDIANOS

Indian Gourmet

O novo cardápio elaborado pelo chef indiano Sunil Bhandari inclui entradas como o mutton seekh kabab, cordeiro moído com alho, queijo de minas, gengibre, hortelã e ovo assado (R$ 35,00) e servido com chutneys de manga, hortelã e tamarindo. Uma das sugestões de prato principal é o camarão assado no forno de barro e guarnecido de arroz basmati e pão com alho (R$ 99,00). De sobremesa, o diferente kulfi faluda consiste em um sorvete preparado com manga, cardamomo, chantili, leite condensado, bifum e amêndoas (R$ 19,00). Rua Alvarenga Peixoto, 585, Lourdes,2555-9005 (52 lugares). 19h/23h30 (sex. a dom. também almoço 12h/16h; dom; fecha seg.). Aberto em 2016. $$$

Namastê

Chef do restaurante, Rukamini Keintura sempre incrementa o cardápio. Entre as novidades, o mutton narial traz o cordeiro cozido no leite de coco com especiarias indianas (R$ 49,90) e o malai tikka consiste em frango assado no forno de barro com creme de queijo (R$ 42,90). A estrela da casa continua sendo o jhinga korma, prato no qual o camarão é regado por molho de castanha-de-caju com especiarias (R$ 59,90). Todas as pedidas satisfazem duas pessoas. Avenida Francisco Sá, 440, Prado, 3567-5200 (100 lugares). 11h30/15h e 19h/0h (sáb., dom. e feriados almoço 12h/17h; dom. jantar até 23h; seg. só jantar 18h30/23h). Aberto em 2012. $

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês