Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Os melhores sanduíches de Belo Horizonte segundo VEJA COMER & BEBER

Lista integra a 21ª edição do guia gastronômico dedicado à cidade

Por Mariani Campos 20 set 2019, 23h58

Bení Kebab

Depois de uma temporada na Espanha, o chef Bernardo Garcia voltou a Belo Horizonte com saudade dos kebabs que havia provado na viagem. Abriu, então, sua própria casa, com cardápio enxuto. Os clientes escolhem se querem o recheio de frango, de carne ou de faláfel e, em seguida, optam pelas versões enrolada no pão folha, servida na focaccia ou como salada, esta com guarnição de batata frita — cada uma sai a R$ 28,00. À noite, uma carta com drinques tem sugestões como o água de valencia, de cava, vodca, gim e suco de laranja (R$ 24,00). Avenida do Contorno, 6425, São Pedro. Não tem telefone (33 lugares). 11h/23h (seg. só jantar a partir das 18h; qui. e sex. até 0h; sáb. até 0h30; fecha dom.). Aberto em 2018.

Bullguer

A rede paulistana especializada em smash burger aterrissou na região central da capital mineira no fim de 2018. O disco de 100 gramas preparado com carne black angus sai da chapa ainda suculento para rechear lanches como o campeão de vendas lumberjack, acrescido de queijo, bacon, picles e molho (R$ 22,00). Outro carro-chefe é o stencil que, além do hambúrguer, leva queijo, cebola-roxa, tomate, alface e molho (R$ 20,00). Para acompanhar, tem batata frita temperada com páprica (R$ 9,00). Rua dos Guajajaras, 847, centro, ☎ 3204-8095 (55 lugares). 11h30/0h. Aberto em 2018.

Der Famous

Dedicada aos sanduíches feitos com salsichas e linguiças alemãs, a casa é decorada no estilo europeu. São seis opções de lanches, todas por R$ 26,90 (ou R$ 28,65 no combo com batata chips). O caroline herschel leva salsichão knackwürst no pão de sal, servido com molho de curry e queijo parmesão artesanal derretido. Já o werner heisenberg leva à mesa uma baguete de pão australiano recheada com salsicha frankfurter, barbecue de rapadura com mostarda e queijo parmesão crocante. Avenida do Contorno, 6399, São Pedro,98484-4876 (24 lugares). 17h/23h (sex. 18h/1h; sáb. 12h30/1h; dom. 12h30/23h; fecha seg.). Aberto em 2012.

Duke’n’Duke

Continua após a publicidade

Inspirada no universo do jazz, a hamburgueria presta tributo ao compositor e pianista Duke Ellington e o cardápio tem referências a outros grandes nomes da música. Campeão de pedidos, o sanduíche batizado de chubby (checker) reúne hambúrguer de 180 gramas de picanha, queijo estepe, maionese de ervas, cebola-roxa, alface e bacon com mel e canela (R$ 47,50). Outro hit homenageia Elis Regina: um lanche no pão australiano com disco de 180 gramas de picanha, pimenta jalapeño, bacon, queijo estepe, maionese de ervas e alface (R$ 41,00). Rua Alagoas, 1470, Savassi, ☎ 3264-9857 (32 lugares). 11h30/14h30 e 18h/0h (sex. e sáb. 12h/2h; dom. 12h/0h; fecha seg.). Avenida Augusto de Lima, 245, centro,3567-7570 (64 lugares). 11h30/14h30 e 18h/0h (sex. e sáb. 12h/2h; dom. 12h/0h; fecha seg.). Mais dois endereços. Aberto em 2010.

Madero Steak House (campeão da categoria em 2019)

A bem-sucedida rede do paranaense Junior Durski teve início em 2005 em Curitiba e hoje está presente em todas as regiões do país, com um conglomerado que ultrapassa 200 estabelecimentos e agrega cinco marcas — só de Madero Steak House, há setenta endereços, dois deles na capital mineira. Boa parte do sucesso aqui se deve ao hambúrguer premiado nesta edição. Todos os meses, sua cozinha central, em Ponta Grossa (PR), produz mais de 2 milhões de discos de carne. Os que chegam a Belo Horizonte são grelhados no charbroiler, uma grelha a gás, e empregados na montagem de sanduíches que levam, além do bifão de 180 gramas, cheddar, alface, tomate e maionese artesanal. A pedida vai à mesa ao lado de batata frita por R$ 39,00 ou R$ 48,00 na versão super, com dois discos. Se acrescido de bacon, o sanduíche sai por R$ 45,00 e R$ 54,00, respectivamente. Também dá para optar pelo hambúrguer feito com carne de cordeiro (R$ 49,00 com os mesmos complementos e R$ 55,00 com a adição de bacon) ou pela versão vegetariana, à base de quinoa, aveia e vegetais (R$ 39,00 no combo com batata frita). Para abrir o apetite, a porção de coxinhas (R$ 17,00, com dez unidades) vai bem ao lado do chope de 350 mililitros (R$ 11,00 o Amstel e R$ 12,00 o Heineken) em caneca congelada. Na capital mineira, o grupo tem ainda duas unidades da versão Container, mais informal e focada em combos, e o recém-inaugurado Jeronimo, dedicado ao smash burger. Shopping Cidade,2535-5519 (156 lugares). 11h45/22h30 (sex. e sáb. até 23h; 1dom. e feriados até 22h). Mais dois endereços. Aberto em 2017.

Nico Sanduíches

Leonardo Paixão (à frente do restaurante Glouton, do Nicolau Bar da Esquina e eleito chef do ano nesta edição) não cansa de criar novidades. Em uma de suas últimas empreitadas, abriu esta diminuta lanchonete em um imóvel de esquina. Ali, o serviço é informal: os clientes pedem direto no caixa e são chamados pelo nome quando o lanche está pronto. Entre os sanduíches, pastrami de língua em pão de fermentação natural (R$ 35,00) e hambúrguer na rosca de leite (R$ 29,00). Para abrir o apetite, vai bem a porção de mandioca frita (R$ 19,00) ao lado do chope pilsen da Wäls (R$ 10,00, 300 mililitros). Rua Antônio de Albuquerque, 814, Funcionários. Não tem telefone (15 lugares). 18h/23h (qui. até 0h; sex. e sáb. até 2h; fecha seg.). Aberto em 2019.

Soul Jazz Burguer

Como o nome sugere, o jazz é o tema central da hamburgueria e vai desde a decoração até a música ao vivo que embala os clientes às quartas-feiras. Os sanduíches também recebem nomes de canções do gênero, como o summertime (R$ 31,00), que vem com pão australiano, hambúrguer envolto em tiras de bacon, queijo monterey jack, cebola caramelada, alface, ovo frito e molho barbecue. Para beber, o beershake de doce de leite é uma espécie de milk-shake que leva cerveja no lugar do leite (R$ 21,00). Rua Noraldino de Lima, 387, Aeroporto,2528-1232 (65 lugares). 18h/0h (sáb. e dom. a partir das 10h; fecha seg.). Aberto em 2017.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês