Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os melhores bares com música ao vivo em Curitiba

Endereços integram a 19ª edição do guia VEJA COMER & BEBER dedicado à cidade, publicado em outubro de 2019

+55 Bar

Artistas como Marcelo D2, Sandra de Sá e Tiago Iorc já passaram pelo palco do bar, que tem programação eclética. Os DJs residentes passeiam do downbeat à black music e, às quintas-feiras, a música é comandada por artistas nacionais com o formato acústico. Enquanto curtem o som, os clientes bebem drinques como o cosmopolitan (R$ 30,00). Para comer, há filé-mignon com tagliatelle e cogumelos (R$ 55,00). Avenida Vicente Machado, 866, Batel,3322-0900 (859 lugares). 19h/1h (dom. a partir das 18h; fecha seg.). Aberto em 2013.

Crossroads

São mais de duas décadas celebrando o rock. Aos sábados, a banda Crackerjacks toca clássicos desde os anos 60. Bandas autorais da cena local, como a Lenhadores da Antártida, também sobem ao palco mensalmente. Para animar a noitada, há chope Heineken (R$ 14,00, 480 mililitros) e gim-tônica de morango e maracujá (R$ 24,00). Para aplacar a fome, a porção let’s party reúne 24 unidades de salgadinhos de festa (R$ 28,00). Avenida Iguaçu, 2310, Água Verde,3243-3711 (472 lugares). 21h/4h (fecha seg., qua. e dom.). Aberto em 1997.

Dizzy Café Concerto

Criado pelo músico Jeff Sabbag, o bar inspirado em casas de Nova Orleans tem ambientes intimistas e música ao vivo todos os dias. É possível se acomodar ao balcão e provar o drinque old maid (R$ 25,00), que mistura gim, hortelã, pepino e limão. Para compartilhar, a tábua de frios combina queijos e embutidos (R$ 70,00). Rua Treze de Maio, 894, centro,3527-5060 (180 lugares). 19h/2h (fecha seg. e dom.). Aberto em 2014.

John Bull

Conhecida por receber grandes nomes do rock, a casa tem dado espaço para shows de heavy metal e hardcore. O chope pilsen da Asgard (R$ 13,00; 500 mililitros) pode ladear o hambúrguer tradicional (pão, carne e queijo), por R$ 14,90 com batata frita ou onion rings. De terça a sábado, das 14h às 18h, funciona nos fundos uma pista de skate bowl. Rua Mateus Leme, 2204, Centro Cívico,3252-0706 (500 lugares). 20h/4h (sex. e sáb). Aberto em 1983.

92 Graus

A casa toca exclusivamente música autoral, com apresentação de bandas independentes locais e internacionais. Entre as vertentes estão rock, punk rock, metal e folk. Às quintas, professores e alunos têm o palco livre para tocar, basta levar os próprios instrumentos. O chope pilsen Swamp custa R$ 10,00 (400 mililitros) e faz bom par com o pipocão, um grande pacote de pipoca vendido por R$ 6,00. Avenida Manoel Ribas 108, São Francisco,99919-1492 (200 lugares). 21h/4h (qui. até 2h; dom. 17h/23h; fecha seg. a qua.). Aberto em 1991.

Ponto Final – Riad

Quem inaugurou o bar foi o advogado e músico Riad Hassan Bark, que buscava um local em que pudesse se apresentar aos amigos. Lá ele comanda o som das 22h às 2h: no estilo voz e violão, canta MPB, adiciona clássicos sertanejos e internacionais. A porção de quibe (R$ 29,00, dez unidades), receita da mãe dele, é a mais vendida e pode vir em companhia da cerveja Original (R$ 15,90) ou do ponto final, uma batida com licor de menta (R$ 14,90). Rua Portugal, 145, São Francisco,3024-0398 (150 lugares). 21h/5h (fecha dom. a qui.). Aberto em 1987.

Porks – Porco & Chopp

De quinta a domingo, a partir das 20h, o bar recebe artistas locais. Para completar o programa, o cardápio reúne petiscos à base de porco, como a costelinha ao barbecue (R$ 15,00). Para beber, há cervejas e chopes nacionais – o mais vendido é o Porks Pilsen (R$ 8,00, 330 mililitros). Rua Marechal Hermes, 1092, Centro Cívico. Não tem telefone (120 lugares). 17h/0h (sáb. e dom. 14h/23h; fecha seg.); Avenida Vicente Machado, 642, Batel. Não tem telefone (100 lugares). 17h/0h (sex. até 2h; sáb. e dom. 18h/2h; fecha seg.). Aberto em 2017.

Purple Reis – Blues Pub

O nome do bar tem inspiração na música Purple Haze, de Jimi Hendrix, combinada com o nome da rua em que está instalado. Ali, de quarta a domingo, são promovidos shows de bandas locais de jazz e blues. Da cozinha vêm pizzas quadradas, como a de pepperoni (R$ 10,00) e, para beber, o gim-tônica sai a R$ 25,00. Rua Trajano Reis, 267, São Francisco,3092-6242 (100 lugares). 18h/1h (sex. e sáb. 19h/2h; fecha seg. e ter.). Aberto em 2016.

Sheridan’s Irish Pub

Trata-se de um pub dedicado ao rock, com apresentações todos os dias. De segunda a sábado até às 20h, a entrada é livre – a partir desse horário cobra-se R$ 5,00 de segunda a quinta e R$ 10,00 às sextas. Aos sábados, em qualquer horário, o ingresso é R$ 15,00. A porção dublin chicken (R$ 41,90), de frango à passarinho com molho de sálvia e barbecue, vai bem com o chope Guinness (R$ 37,90; 500 mililitros). Rua Bispo Dom José, 2315, Batel,3343-7779 (200 lugares). 18h/0h30 (sex. e sáb. até 3h30; fecha dom.). Aberto em 2004.

Confira o roteiro completo e os estabelecimentos campeões em comidinhas, bares e restaurantes da 19ª edição de VEJA COMER & BEBER CURITIBA clicando aqui.