Clique e assine a partir de 9,90/mês

VEJA COMER & BEBER: Cabana da Cely faz o melhor caranguejo de Salvador

Temperadas com cebola, limão, coentro e sal, 6 000 unidades do crustáceo campeão são vendidas a cada mês no bar

Por Daniel Salles - Atualizado em 30 nov 2019, 01h01 - Publicado em 30 nov 2019, 00h01

O estabelecimento de Josely Fernandes, a Cely, é um daqueles que não se preocupam com a modéstia. Onde quer que apareça o nome da casa em seguida está escrito: o melhor caranguejo da Bahia — afirmação confirmada pelo júri desta edição. O crustáceo é preparado com cebola, limão, coentro e sal (R$ 8,90), e cerca de 6 000 unidades são vendidas a cada mês. Em um vasto imóvel, bem arejado, o bar tem uma varanda que permite avistar a praia, a uma quadra de distância. Com camisetas amarelas que trazem os dizeres “Caranguejo&Lambreta& – Moqueca&Cerveja&CabanaDaCely”, os garçons abastecem a clientela principalmente de cervejas em garrafa de 600 mililitros, que podem ser Original (R$ 11,90), Heineken (R$ 15,90) e Skol (R$ 9,90), ou, ainda, roskas de kiwi ou morango (R$ 17,90 cada uma). Além do afamado caranguejo, o cardápio lista petiscos como bolinho de bacalhau (R$ 25,90, oito unidades), escondidinho de carne-seca com aipim (R$ 48,90) e pastel de camarão (R$ 17,90). Guarnecida de arroz, feijão-fradinho, farofa e pirão, a moqueca de peixe vermelho e camarão (R$ 122,90, para dois) é um dos pratos mais requisitados. Também chegam em porção suficiente para duas pessoas o bobó de camarão (R$ 99,90) e o mix de polvo, camarão, salmão e peixe do dia grelhados, acompanhado de arroz e batata sautée (R$ 159,90). Para quem vai com crianças, um aperitivo extra: há uma área destinada a elas que pode ser vista de boa parte do estabelecimento. Rua Marquês de Queluz, 48, Pituaçu,3232-6444 (300 lugares). 11h/23h (dom. até 17h; fecha seg.). Aberto em 2013.

2º lugar – Boteco do Caranguejo

Um dos melhores lugares na cidade para se sentar com calma e provar um caranguejo com pirão (R$ 9,49 a unidade) e uma porção de lambretas (R$ 22,90 a dúzia). Para ladear os tira-gostos, vai bem a cerveja Eisenbahn de garrafa (R$ 15,49). Rua Guillard Muniz, 720, Itaigara, ☎ 3452-2746 (600 lugares). 15h/2h (sex. a partir das 12h; sáb. 12h/3h; dom. 10h/1h); Rua José Augusto de Freitas, 8, Patamares,3363-5151 (500 lugares). 12h/2h (sáb. e dom. a partir das 10h). Aberto em 2000.

3º lugar – Caranguejo do Pascoal

Continua após a publicidade

Como o nome da casa indica, o caranguejo é a estrela do cardápio. O crustáceo inteiro servido com pirão e molho lambão sai a R$ 7,50. Entre as outras receitas preparadas pela cozinha, brilham os peixes e frutos do mar. A casquinha gratinada com ervas, legumes e cream cheese vem acompanhada de torradas e creme de biribiri com pimenta e limão — a de camarão fica pronta em quinze minutos (R$ 25,00). Para arrematar, uma dose da cachaça de gengibre Pérola, produzida na Chapada Diamantina (R$ 8,00). Rua Olhos D’Água, 128, Itapuã,3249-4360 e 98819-1660 (35 lugares). 17h/0h (sáb. a partir das 12h; dom. e feriados 12h/21h). Aberto em 1994.

Quer conhecer todos os campeões de VEJA COMER & BEBER? Clique aqui.

Publicidade