Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zé Roberto Guimarães quer aproveitar teste contra EUA

Por Paulo Fávero

São Bernardo do Campo – A seleção brasileira feminina de vôlei se prepara para a segunda rodada do Grand Prix e treinou nesta quarta-feira em São Bernardo do Campo, palco dos confrontos contra Alemanha, Itália e Estados Unidos, nesta ordem, de sexta a domingo. O técnico José Roberto Guimarães quer colocar em quadra as jogadoras que não disputaram a primeira rodada, quase todas titulares: Jaqueline, Sheilla, Fabi, Fabiana, Thaisa e Fabíola.

Depois de três vitórias por 3 sets a 2 na primeira rodada do Grand Prix, no fim de semana passado, na Polônia, o Brasil deverá ter parada dura contra os Estados Unidos, que veio com força máxima para a reedição da final olímpica de 2008.

“Os EUA são sérios candidatos à medalha (na Olimpíada), vão querer ir à forra quatro anos depois e as duas seleções se conhecem bastante. Temos que usar esse jogo como estudo e preparação”, comentou o técnico José Roberto Guimarães.

O treinador também falou sobre o chaveamento olímpico, que colocou o Brasil diante de Estados Unidos, China, Sérvia, Turquia e Coreia do Sul no Grupo B dos Jogos. “Eu sabia que a gente cairia num grupo difícil, mas não esperava que seria tanto. No outro lado a gente já sabe quem vai se classificar: Japão, Itália, Rússia e República Dominicana, mas no nosso não. Todas as equipes têm chance e o importante é a gente conseguir além da classificação, uma boa classificação para nas quartas de final ter um adversário teoricamente mais fraco”, lembrou Zé Roberto.