Clique e assine a partir de 9,90/mês

Zé Carlos marca 2 e Criciúma pula para ponta da Série B

Por Da Redação - 10 jul 2012, 23h28

Por AE

Criciúma (SC) – O Criciúma voltou para a liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. Nesta terça-feira, no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma, pela décima rodada, venceu o Boa por 4 a 3, em um campo muito pesado devido às fortes chuvas que caíram na cidade.

O nome do jogo, mais uma vez, foi o atacante Zé Carlos, que marcou dois gols e chegou aos 13, metade dos 26 marcados pelo ataque do Criciúma, que faz uma campanha incrível com 25 pontos, três a mais do que América-MG e Vitória. A campanha tem oito vitórias, um empate e uma derrota, com aproveitamento de 83%. Já os mineiros chegam ao terceiro jogo sem vitória, na décima colocação, com 12 pontos.

Em um gramado muito pesado, o Boa começou o jogo melhor, mais presente no campo de ataque, mas quem abriu o placar foi o Criciúma. Aos 30 minutos, após cobrança de falta na área, o zagueiro Matheus Ferraz testou para o fundo das redes. Mas, aos 41, em uma bola alçada, Vanger deixou tudo igual.

Continua após a publicidade

O Criciúma voltou com tudo e, logo no primeiro minuto do segundo tempo, Zé Carlos bateu da entrada da área, fazendo o segundo gol dos mandantes. A pressão era muito forte e, aos 15 minutos, mais uma vez a bola sobrou para Zé Carlos, que fintou um zagueiro e bateu na saída do goleiro Zé Carlos.

O Boa tentou sair para o jogo, mas aos 32 minutos, de novo, Zé Carlos foi lançado e rolou para Kléber, que bateu na saída do goleiro mineiro. No final, Jajá e Petros descontaram para os mineiros, mas não dava para evitar a derrota.

Pela 11.ª rodada, o Criciúma volta ao gramado na próxima terça contra o ABC, às 21h50, em Natal. Já o Boa enfrenta no mesmo dia o CRB, mas às 19h30, em Varginha (MG).

FICHA TÉCNICA

Continua após a publicidade

CRICIÚMA 4 x 3 BOA

CRICIÚMA – Douglas Leite; Robert, Matheus Ferraz, Nirley e Marlon; Elias, Kléber, André Gava (Diego Oliveira) e Válber (Gilmar); Lins (Diego Felipe) e Zé Carlos. Técnico: Paulo Comelli.

BOA – Zé Carlos; Neílson, Gabriel, Elton e Radar; Claudinei (Higo), Everton, Petros e Francismar; Vanger (Jajá) e Marcelo Macedo (Jonatas Obina). Técnico: Sidney Moraes.

GOLS – Matheus Ferraz, aos 30, e Vanger, aos 41 minutos do primeiro tempo; Zé Carlos, a 1 e aos 15, Kléber, aos 32, Jajá, aos 40, e Petros, aos 45 minutos do segundo tempo.

Continua após a publicidade

CARTÕES AMARELOS – Matheus Ferraz (Criciúma); Gabriel e Everton (Boa).

ÁRBITRO – Luiz Flávio de Oliveira (Fifa/SP).

RENDA – R$ 65.690,00.

PÚBLICO – 5.660 pagantes.

Continua após a publicidade

LOCAL – Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).

Publicidade