Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zagueiro francês que atua na Itália seria o segundo envolvido em estupro

Paris, 13 jun (EFE).- A imprensa francesa divulgou que o zagueiro francês de origem tunisiana Yohan Benalouane, do Cesena, da Itália, é o segundo implicado no caso de suposto estupro envolvendo dois jogadores do país; o outro acusado é o atacante Bafétimbi Gomis, que pertence ao heptacampeão francês entre 2002 e 2008.

A polícia abriu investigação após uma denúncia feita nesta quarta-feira de abuso sexual cometido pelos dois jogadores. Até o momento não houve prisões, de acordo com o jornal ‘Lyon Capitale’, o primeiro a divulgar a notícia.

A suposta vítima, uma mulher de 38 anos, teria sido violentada entre a noite de terça-feira e a madrugada desta quarta-feira. Ela teria procurado a polícia nesta manhã. Em seu depoimento, ela afirma que Gomis a convidou para ir a seu apartamento, em Lyon. Lá, ela teria sido estuprada pelo atacante e por Benalouane.

Inicialmente, o diário francês divulgou que além do atacante, outro jogador do Lyon estaria envolvido no crime. Mais tarde, foi divulgado que se trata de Benalouane, atleta de 23 anos, amigo pessoal de Gomis. O defensor revelado pelo Saint-Étienne, já teve passagens pela seleção sub-21 da França.

Ainda nesta quarta-feira, Gomis, de 26 anos, através das redes sociais, afirmou que as acusações contra ele são falsas. O Lyon ainda divulgou um comunicado dando respaldo às declarações do atleta, afirmando estar colaborando com as investigações.

A investigação, por enquanto, está focada na suposta vítima, que foi submetida a testes psicológicos e toxicológicos, para tentar determinar a veracidade da denúncia. EFE